Exportar registro bibliográfico

Problemas respiratórios em crianças menores de dois anos e a reprodução social das famílias (estudo populacional no município de Itupeva SP) (2007)

  • Authors:
  • Autor USP: MINAGAWA, AUREA TAMAMI - EE
  • Unidade: EE
  • Sigla do Departamento: ENS
  • Subjects: SAÚDE DA CRIANÇA; DOENÇAS RESPIRATÓRIAS; MORTALIDADE INFANTIL; DESENVOLVIMENTO DA COMUNIDADE
  • Language: Português
  • Abstract: A estreita relação entre saúde da criança e fatores sociais e econômicos é reconhecida há muito tempo, mas ainda a grande maioria das crianças pobres que adoece morre mais. Portanto, é necessário ampliar o conhecimento a respeito da rede de determinantes (distais, intermediários e proximais) dos problemas de saúde mais prevalentes nas crianças. As doenças respiratórias constituem uma das principais causas de morbidade e mortalidade infantil no Brasil e no mundo Justifica-se, pois, reconhecer os processos determinantes dos problemas respiratórios, considerando a determinação social do processo saúde-doença. Assim, os objetivos deste trabalho foram estimar a prevalência dos problemas respiratórios nos diferentes grupos sociais homogêneos; caracterizar como esses problemas se relacionam às formas de reprodução social das famílias e avaliar os determinantes proximais, intermediários e distais associados à sua ocorrência. Este estudo populacional transversal foi realizado no município de Itupeva (SP), numa amostra representativa de 261 crianças menores de dois anos. A partir de um modelo teórico hierarquizado, centrado na categoria da reprodução social, foram compostos os perfis de reprodução social, utilizando-se uma base teórico-metodológica-operacional que predefiniu três grupos sociais homogêneos (GSH): formas de trabalhar e de viver adequadas (GSH1); formas de trabalhar ou de viver adequadas (GSH2) e formas de trabalhar e de viver inadequadas (GSH3). Osproblemas respiratórios foram detectados segundo informações obtidas por meio de inquérito recordatório do último mês. Associações foram verificadas pelo teste Qui-quadrado (variáveis categóricas) ou teste de Fischer, e teste t de Student (variáveis contínuas). Utilizou-se o modelo de regressão logística não condicional para a análise múltipla. Para evitar exclusão de variáveis importantes, utilizou-se um nível de ) significância de 0,20 e para indicar associação estatisticamente significativa, nível de 0,05. Na análise múltipla, as associações foram expressas em odds ratio e seu intervalo de confiança [IC] para 95%. A prevalência de problema respiratório foi de 71,6% (IC95% 65,8 - 77,0), sendo maior nos estratos inferiores, porém sem diferença estatisticamente significativa: 64,0% no GSH1, 75,8% no GSH2 e de 71,5% GSH3 (p>0,05). Com relação ao total da amostra, a escolaridade do pai se mostrou estatisticamente diferente entre as crianças que haviam apresentado problema respiratório e aquelas que não haviam apresentado: 56,1% dos pais das crianças com problemas respiratórios tinham menos de 7 anos de estudo, enquanto 62,9% dos pais das crianças sem problemas respiratórios tinham mais de 7 anos de estudo. A escolaridade materna seguiu a mesma tendência. A ocorrência de problemas respiratórios foi discretamente maior nas crianças do sexo feminino, e naquelas de 12 a 18 meses. A primeira etapa da regressão logística testou cada variável que se associoucom a ocorrência de problemas respiratórios (p
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 29.11.2007
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MINAGAWA, Aurea Tamami; FUJIMORI, Elizabeth. Problemas respiratórios em crianças menores de dois anos e a reprodução social das famílias (estudo populacional no município de Itupeva SP). 2007.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2007. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7136/tde-23012008-102924/ >.
    • APA

      Minagawa, A. T., & Fujimori, E. (2007). Problemas respiratórios em crianças menores de dois anos e a reprodução social das famílias (estudo populacional no município de Itupeva SP). Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7136/tde-23012008-102924/
    • NLM

      Minagawa AT, Fujimori E. Problemas respiratórios em crianças menores de dois anos e a reprodução social das famílias (estudo populacional no município de Itupeva SP) [Internet]. 2007 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7136/tde-23012008-102924/
    • Vancouver

      Minagawa AT, Fujimori E. Problemas respiratórios em crianças menores de dois anos e a reprodução social das famílias (estudo populacional no município de Itupeva SP) [Internet]. 2007 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7136/tde-23012008-102924/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021