Exportar registro bibliográfico

Análise fitoquímica dos princípios ativos, filantina, hipofilantina e nirantina da quebra-pedra (Phyllanthus amarus Schumach & Thonn), sob condições de déficit hídrico (2007)

  • Authors:
  • Autor USP: SALOMÉ, JULIANA ROLIM - ESALQ
  • Unidade: ESALQ
  • Sigla do Departamento: LCB
  • Subjects: ANATOMIA VEGETAL; BALANÇO HÍDRICO; BIOQUÍMICA VEGETAL; BOTÂNICA (CLASSIFICAÇÃO); EUPHORBIACEAE; PLANTAS MEDICINAIS
  • Language: Português
  • Abstract: Phyllanthus amarus, planta amplamente utilizada no tratamento de diversas doenças, em especial para hepatite B, apresenta em sua constituição lignanas de interesse farmacológico, destacando-se a filantina e hipofilantina. Com relação à atividade anticancerígina, a nirantina se destaca como potencial efeito citostático e citocida. Distintas condições ambientais podem afetar a constituição química da planta e interferir nos teores destas substâncias. O presente trabalho teve por objetivo estudar a influência do déficit hídrico sobre a produção de filantina, hipofilantina e nirantina em dois acessos de Phyllanthus amarus, cultivados em vasos em casa de vegetação, no município de Piracicaba-SP. Foram realizados 5 tratamentos: capacidade de campo, 3 dias sem irrigação, 6 dias sem irrigação, 9 dias sem irrigação e 12 dias sem irrigação, avaliando-se a altura das plantas, a degradação lipídica, o teor de umidade do solo e determinação do teor dos princípios ativos por CGMS, nos vários tratamentos. Os resultados indicaram que com o deficit hídrico houve diminuição da altura das plantas tanto para o acesso 7 quanto para o acesso 14. A diminuição na disponibilidade de água (umidade com base em peso) passou de 100% na capacidade de campo, para 2% aos 12 dias causando redução na altura de 22% para o acesso 14 e de 1,3% para o acesso 7. Para o teste de peroxidação lipídica, obteve-se respostas significativas nas plantas a partir do terceiro dia do déficit hídrico,sendo mais moderado entre 3 e 6 dias e mais severo a partir do nono dia. Observou-se para os teores das lignanas testadas sob condições de deficiência hídrica, que o acesso 14 apresentou aumento de 140% para filantina e 118% para nirantina e 40% para a hipofilantina. Já para o acesso 7, estes aumentos foram menos significativos e se pronunciaram em condições de déficit hídrico moderado.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 29.08.2007
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SALOMÉ, Juliana Rolim; OLIVEIRA, Ricardo Ferraz de. Análise fitoquímica dos princípios ativos, filantina, hipofilantina e nirantina da quebra-pedra (Phyllanthus amarus Schumach & Thonn), sob condições de déficit hídrico. 2007.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2007. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11144/tde-21092007-090523/ >.
    • APA

      Salomé, J. R., & Oliveira, R. F. de. (2007). Análise fitoquímica dos princípios ativos, filantina, hipofilantina e nirantina da quebra-pedra (Phyllanthus amarus Schumach & Thonn), sob condições de déficit hídrico. Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11144/tde-21092007-090523/
    • NLM

      Salomé JR, Oliveira RF de. Análise fitoquímica dos princípios ativos, filantina, hipofilantina e nirantina da quebra-pedra (Phyllanthus amarus Schumach & Thonn), sob condições de déficit hídrico [Internet]. 2007 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11144/tde-21092007-090523/
    • Vancouver

      Salomé JR, Oliveira RF de. Análise fitoquímica dos princípios ativos, filantina, hipofilantina e nirantina da quebra-pedra (Phyllanthus amarus Schumach & Thonn), sob condições de déficit hídrico [Internet]. 2007 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11144/tde-21092007-090523/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021