Exportar registro bibliográfico

Queixas vocais e caracteristicas do uso vocal referidas por coralistas amadores (2006)

  • Authors:
  • USP affiliated author: BRASOLOTTO, ALCIONE GHEDINI - FOB
  • School: FOB
  • Subjects: CORAL (MÚSICA); FONOAUDIOLOGIA
  • Language: Português
  • Abstract: Fundamentação Teórica: O canto coral é uma das formas de expressão do canto, caracterizada pela prática em grupo. Tal modalidade reúne um número considerável de adeptos no cenário mundial. Neste âmbito, o coralista, normalmente amador, pode deparar-se com uma série de dificuldades frente o coral, tais como a inexperiência e falta de orientação especializada. O uso incorreto da voz pelo cantor pode prejudicar sua saúde vocal, assim como comprometer seu desempenho perante o grupo. Assim, a compreensão sobre as dificuldades para se cantar de forma saudável e sobre as queixas vocais de coralistas de diferentes naipes poderá auxiliar fonoaudiólogos e regentes a proporcionar condições saudáveis de uso da voz cantada a essa população. Objetivos: Definir as principais queixas vocais e características do uso vocal dos coralistas amadores e investigar as diferenças entre homens e mulheres e entre vozes graves e agudas. Material e Método: Participaram 126 coralistas, com faixa etária entre 13 e 77 anos, sendo todos integrantes dos corais conduzidos pelo mesmo regente. Os participantes responderam a dois questionários, os quais abrangiam aspectos de saúde geral e vocal, qualidade vocal e queixas vocais. Os dados coletados foram analisados considerando o grupo todo e também os subgrupos de homens e mulheres das diferentes classificações vocais. Resultados: As principais queixas vocais relativas à prática do coral que apresentaram números relevantes foram dificuldadesrespiratórias para mulheres (p=0,036), dificuldades em atingir agudos para contraltos (p=0,001), atingir notas graves para sopranos (p=0,007) e passagem para agudos referida pelos baixos (p=0,018). As sopranos referiram mais cansaço do que as contraltos (p=0,004) e os homens referiram mais a ocorrência de voz rouca do que as mulheres (p=0,0013) após a prática do canto nos corais. Conclusões: A maioria dos coralistas toma cuidados com a voz e a maioria ) :tem auto imagem vocal positiva para a voz falada e cantada. Grande parte dos cantores usa diferentes recursos para a voz, sendo que muitos não trazem benefícios para a produção vocal. Assim, deve haver maior esclarecimento sobre esse aspecto voltado a essa população. A análise do fator extensão vocal e dificuldades apresentadas em relação à emissão de notas graves e agudas se deu coerente com o esperado para cada naipe de vozes graves e agudas. Um número pequeno de mulheres relatou dificuldades com mudanças de registro, dificuldade essa, não mencionada por homens. Já em relação aos sintomas referentes ao uso da voz cantada, predominou sintomas de tensão e aperto na garganta nos homens e sintoma de cansaço vocal nas mulheres. Em relação a problemas vocais, predominou a rouquidão em todos os subgrupos
  • Imprenta:
  • Source:
    • Título do periódico: Anais
  • Conference title: Jornada Fonoaudiológica de Bauru

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      COELHO, Ana Cristina de Castro; DAROZ, Irandi Fernando; BRASOLOTTO, Alcione Ghedini. Queixas vocais e caracteristicas do uso vocal referidas por coralistas amadores. Anais.. Bauru: FOB-USP, 2006.
    • APA

      Coelho, A. C. de C., Daroz, I. F., & Brasolotto, A. G. (2006). Queixas vocais e caracteristicas do uso vocal referidas por coralistas amadores. In Anais. Bauru: FOB-USP.
    • NLM

      Coelho AC de C, Daroz IF, Brasolotto AG. Queixas vocais e caracteristicas do uso vocal referidas por coralistas amadores. Anais. 2006 ;
    • Vancouver

      Coelho AC de C, Daroz IF, Brasolotto AG. Queixas vocais e caracteristicas do uso vocal referidas por coralistas amadores. Anais. 2006 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020