Exportar registro bibliográfico

Análise acústica da voz em indivíduos com e sem disfonia: Índice de Turbulência Vocal e Índice de Fonação Suave (2013)

  • Authors:
  • USP affiliated author: BRASOLOTTO, ALCIONE GHEDINI - FOB
  • School: FOB
  • Subjects: DISFONIA; VOZ (ANÁLISE)
  • Language: Português
  • Abstract: Objetivos: Verificar diferenças vocais entre indivíduos que apresentam desvio vocal e aqueles que apresentam qualidade vocal normal, com relação aos parâmetros acústicos VTI - Voice Turbulence Index (Índice de Turbulência Vocal) - e SPI - Soft Phonation Index (Índice de Fonação Suave). Métodos/Procedimentos: Este projeto foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Faculdade de Odontologia de Bauru da Universidade de São Paulo (nº 06367412.6.0000.5417). Foram analisadas as gravações de vozes de 94 indivíduos adultos do banco de dados do Laboratório de Voz da Clínica de Fonoaudiologia da Faculdade de Odontologia de Bauru- USP, sendo que 65 apresentavam queixa vocal com diagnóstico de disfonia e 29 não apresentavam queixa vocal. Foi considerado fator de exclusão a referência à presença de doenças neurológicas centrais. Foi considerado fator de inclusão para o grupo de disfônicos ter recebido julgamento de voz desviada a partir da avaliação perceptivoauditiva de três fonoaudiólogos. A vogal “a” sustentada teve seu início e final de emissão excluídos, a fim eliminar os principais trechos de instabilidade vocal. Cada emissão tem cerca de três segundos de duração. Foram extraídos por meio do programa computadorizado Multi Dimension Voice Program (MDVP), modelo 5105, da KayPENTAX, os parâmetros acústicos: VTI e SPI1. Três juízes fonoaudiólogos especialistas em voz realizaram, individualmente, a análise perceptivoauditiva das vozes, gravadas em um CD em ordem aleatória. As vozes foram classificadas a partir do grau geral de desvio vocal (de 0 a 3). O critério para classificar a voz como desviada foi a presença da pontuação 2 ou 3 atribuída por pelo menos um dos juízes e para vozes sem desvio o critério utilizado foi pontuação 0 e/ou 1 pelos três juízes. Algumas vozes de indivíduos com disfonia foram classificadas como não desviadas na emissão analisadaAssim, dentre as 94 vozes, 62 foram classificadas como desviadas e 34 como não desviadas. Após este procedimento, foi possível parear em idade e gênero, vozes de 56 indivíduos, sendo 28 com e 28 sem desvio vocal, de acordo com o critério estabelecido. Resultados: Tabela 1- Comparação do VTI e SPI entre os grupos de indivíduos com vozes desviadas e sem desvio (teste t, p<0,05). (Tabela 1). Conclusões: O parâmetro VTI do grupo de vozes desviadas foi maior do que o do grupo de vozes não desviadas, enquanto que o valor do SPI foi maior para o grupo de vozes não desviadas. Por meio dos resultados apresentados, concluímos que os parâmetros VTI e SPI podem ajudar a distinguir a qualidade da voz, de acordo com o grau geral de desvio vocal
  • Imprenta:
  • Source:
  • Conference title: Simpósio Internacional de Iniciação Científica da Universidade de São Paulo - SIICUSP

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BRASOLOTTO, Alcione Ghedini; GALDINO, Alline de Sousa; OLIVEIRA, Débora Natália; GODOY, Juliana Fernandes. Análise acústica da voz em indivíduos com e sem disfonia: Índice de Turbulência Vocal e Índice de Fonação Suave. Anais.. São Paulo: Universidade de São Paulo, 2013.
    • APA

      Brasolotto, A. G., Galdino, A. de S., Oliveira, D. N., & Godoy, J. F. (2013). Análise acústica da voz em indivíduos com e sem disfonia: Índice de Turbulência Vocal e Índice de Fonação Suave. In Resumos. São Paulo: Universidade de São Paulo.
    • NLM

      Brasolotto AG, Galdino A de S, Oliveira DN, Godoy JF. Análise acústica da voz em indivíduos com e sem disfonia: Índice de Turbulência Vocal e Índice de Fonação Suave. Resumos. 2013 ;
    • Vancouver

      Brasolotto AG, Galdino A de S, Oliveira DN, Godoy JF. Análise acústica da voz em indivíduos com e sem disfonia: Índice de Turbulência Vocal e Índice de Fonação Suave. Resumos. 2013 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2022