Exportar registro bibliográfico

Estudo anatômico do sistema porta renal e suas implicações no emprego de agentes anestésicos na contenção de avestruzes (Struthio camelus) (2006)

  • Authors:
  • Autor USP: CARVALHO, HALEY SILVA DE - FMVZ
  • Unidade: FMVZ
  • Sigla do Departamento: VCI
  • Subjects: AVESTRUZES (ANATOMIA); ANESTESIOLOGIA VETERINÁRIA; FUNÇÃO RENAL DE ANIMAL; SISTEMA PORTA (VETERINÁRIA)
  • Language: Português
  • Abstract: Objetivou-se com este estudo caracterizar a anatomia do sistema porta renal e verificar sua influência sobre o protocolo anestésico xilazina, tiletamina e zolazepam na contenção de avestruzes, por comparação da administração dos fármacos nos músculos da perna ou da asa. Para o estudo anatômico, foi injetado, em cinco animais, látex nas veias femorais no sentido de drenagem e posteriormente as aves foram fixadas em formol a 10%, por 72 horas. Em uma ave procedeu-se à localização, colheita e fixação das valvas portais renais em formol a 10%. Os exemplares foram dissecados e o sistema porta renal apresentou-se constituído por duas veias portais renais craniais bem reduzidas, duas veias portais renais caudais e seis valvas portais renais. A veia porta renal caudal apresentou-se relacionada, cranialmente, com a veia femoral, a partir da sua união com a veia ilíaca externa, e caudalmente, com a veia isquiática e ilíaca interna. Na contenção química, utilizaram-se seis avestruzes distribuídos aleatoriamente em dois grupos. O grupo I (GI) recebeu o protocolo nos músculos da base das asas e no grupo II (GII) o protocolo foi administrado nos músculos das pernas. O protocolo anestésico aplicado nos animais dos grupos constou de xilazina (1,0 mg/kg) e após 10 minutos administrou-se a tiletamina/zolazepam (6,0 mg/kg). Foram utilizados os mesmos animais nos dois grupos, respeitando-se um intervalo mínimo de 15 dias entre cada anestesia. O período de latência foi de 5,63'+ OU-'3,9 (GI) e 3,80'+ OU -'2,07 (GII) minutos (p>0,05) após a administração da tiletemina/zolazepam. A qualidade da indução foi razoável e ruim em uma ave (16,67%) do GI e GII, respectivamente. O período hábil anestésico foi de 35,17'+ OU -'8,13 (GI) e 27,33'+ OU -'9,75 (GII) minutos (p>0,05). A freqüência cardíaca permaneceu abaixo dos valores basais durante a anestesia (p<0,05) nos dois grupos. O calor e elevada umidade do ar promoveram aumento da ) temperatura cloacal nos grupos, principalmente em GII, levando ao incremento da freqüência respiratória para facilitar a perda de calor. O relaxamento muscular foi intenso por 20 minutos em dois animais (33,33%) do GI e por 10 a 15 minutos em cinco aves (83,33%) do GII. O período de recuperação foi de 33,67'+ OU -'10,20 (GI) e 28,83'+ OU -'8,47 (GII) minutos (p>0,05). Nos dois grupos a qualidade de recuperação foi razoável em uma ave (16,67%) e ruim em outro animal (16,67%). A contenção química foi adequada para a realização de procedimentos de curta duração a campo nos avestruzes dos dois grupos, portanto não foi possível evidenciar a influência do sistema porta renal
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 27.04.2006
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CARVALHO, Haley Silva de; CORTOPASSI, S. R. G. Estudo anatômico do sistema porta renal e suas implicações no emprego de agentes anestésicos na contenção de avestruzes (Struthio camelus). 2006.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2006. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10132/tde-05042007-114145/ >.
    • APA

      Carvalho, H. S. de, & Cortopassi, S. R. G. (2006). Estudo anatômico do sistema porta renal e suas implicações no emprego de agentes anestésicos na contenção de avestruzes (Struthio camelus). Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10132/tde-05042007-114145/
    • NLM

      Carvalho HS de, Cortopassi SRG. Estudo anatômico do sistema porta renal e suas implicações no emprego de agentes anestésicos na contenção de avestruzes (Struthio camelus) [Internet]. 2006 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10132/tde-05042007-114145/
    • Vancouver

      Carvalho HS de, Cortopassi SRG. Estudo anatômico do sistema porta renal e suas implicações no emprego de agentes anestésicos na contenção de avestruzes (Struthio camelus) [Internet]. 2006 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10132/tde-05042007-114145/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021