Exportar registro bibliográfico

Possibilidades e limites do cooperativismo pelo prisma de entidades de representação das cooperativas: uma análise comparativa da Organização das Cooperativas do Estado de São Paulo(OCESP) e a União e Solidariedade das Cooperativas e Empreendimentos de Economia Social do Brasil (UNISOL/Brasil) (2006)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: SILVA, MONIKA WERONIKA DOWBOR DA - FFLCH
  • Unidades: FFLCH
  • Sigla do Departamento: FSL
  • Subjects: COOPERATIVISMO; ASSOCIATIVISMO; REPRESENTAÇÃO POLÍTICA
  • Language: Português
  • Abstract: O cooperativismo brasileiro vive atualmente uma polarização ideológica entre duas vertentes. A partir da década de 1990, começa a se configurar uma nova vertente - a da Economia Solidária - que traz no seu bojo a reivindicação da urgente democratização das relações de trabalho. Com esse postulado, contrapõe-se ao sistema da Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB), fundado em 1970, que defende uma concepção de cooperativismo focada na eficiência econômica. O embate encontra também sua tradução no plano associativo no qual o monopólio de representação da OCB é contestado de facto pelo surgimento de entidades de representação de cooperativas solidárias. O presente trabalho parte desse contexto para analisar os mecanismos institucionais que a nova vertente constrói no que se refere à representação política das cooperativas. Como objeto de análise foram selecionadas duas entidades dos campos que se opõem: a Organização das Cooperativas do Estado de São Paulo (OCESP), que faz parte do sistema OCB, e a União e Solidariedade das Cooperativas e Empreendimentos de Economia Social do Brasil (UNISOL/Brasil), da Economia Solidária. A análise comparativa dos mecanismos internos de representação apontou para uma diferença pouco expressiva entre as entidades
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 09.06.2006
  • Online source access
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SILVA, Monika Weronika Dowbor da; ARBIX, Glauco. Possibilidades e limites do cooperativismo pelo prisma de entidades de representação das cooperativas: uma análise comparativa da Organização das Cooperativas do Estado de São Paulo(OCESP) e a União e Solidariedade das Cooperativas e Empreendimentos de Economia Social do Brasil (UNISOL/Brasil). 2006.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2006. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8132/tde-25102006-184433/ >.
    • APA

      Silva, M. W. D. da, & Arbix, G. (2006). Possibilidades e limites do cooperativismo pelo prisma de entidades de representação das cooperativas: uma análise comparativa da Organização das Cooperativas do Estado de São Paulo(OCESP) e a União e Solidariedade das Cooperativas e Empreendimentos de Economia Social do Brasil (UNISOL/Brasil). Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8132/tde-25102006-184433/
    • NLM

      Silva MWD da, Arbix G. Possibilidades e limites do cooperativismo pelo prisma de entidades de representação das cooperativas: uma análise comparativa da Organização das Cooperativas do Estado de São Paulo(OCESP) e a União e Solidariedade das Cooperativas e Empreendimentos de Economia Social do Brasil (UNISOL/Brasil) [Internet]. 2006 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8132/tde-25102006-184433/
    • Vancouver

      Silva MWD da, Arbix G. Possibilidades e limites do cooperativismo pelo prisma de entidades de representação das cooperativas: uma análise comparativa da Organização das Cooperativas do Estado de São Paulo(OCESP) e a União e Solidariedade das Cooperativas e Empreendimentos de Economia Social do Brasil (UNISOL/Brasil) [Internet]. 2006 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8132/tde-25102006-184433/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020