Exportar registro bibliográfico

Modelo computacional para determinação do risco econômico em culturas irrigadas (2005)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: MARQUES, PATRICIA ANGELICA ALVES - ESALQ
  • Unidades: ESALQ
  • Sigla do Departamento: LER
  • Subjects: ANÁLISE DE RISCO; BALANÇO HÍDRICO; ESTATÍSTICA COMPUTACIONAL; EVAPOTRANSPIRAÇÃO; IRRIGAÇÃO; PLANTAS CULTIVADAS; PREÇO AGRÍCOLA; SIMULAÇÃO (ESTATÍSTICA)
  • Language: Português
  • Abstract: As empresas agrícolas atuam sob condições de risco, dessa maneira a utilidade de modelos determinísticos para fins de planejamento torna-se relativamente limitada. Isto implica na necessidade de não se desprezar a aleatoriedade de determinados coeficientes e introduzir o risco na análise do projeto. Com este objetivo, desenvolveu-se uma ferramenta na forma de um Modelo Computacional para Determinação do Risco Econômico em Culturas Irrigadas, para o ambiente Windows XP em linguagem Delphi 7.0, que permite simular situações de implantação e manejo da irrigação e suas conseqüências econômicas sob o horizonte de risco. Esse modelo considera, na forma de um projeto, as características agronômicas pertinentes ao solo, a cultura e ao clima, para estudar, de maneira regional, o armazenamento de água no solo, a evapotranspiração, o desenvolvimento da cultura durante as fases fenológicas e o preço de venda do produto. Para atingir o objetivo o modelo realiza simulações dos parâmetros de preço de venda do produto, taxa de manutenção do sistema de irrigação, horas de trabalho necessárias por hectare e por irrigação realizada, preço da água, vida útil do sistema de irrigação e taxa de juros; as quais são classificadas em classes, sendo: cinco classes para vida útil, taxa de manutenção, horas de trabalho necessárias por hectare e por irrigação realizada, preço da água e juros, e 10 classes para o preço de venda do produto. Com esses parâmetros o modelo computacional gera31.250 valores de benefícios líquidos anuais combinados das classes com suas respectivas probabilidades de ocorrência, permitindo assim um estudo probabilístico dos possíveis resultados da decisão de aquisição do sistema de irrigação. Como resultados essa ferramenta simula e fornece a distribuição de probabilidades dos fatores econômicos e calcula os custos fixos, custos variáveis, custos totais e benefícios ) líquidos anuais da irrigação. Com os 31.250 valores de benefícios líquidos anuais e suas probabilidades realiza o teste de aderência às funções de densidade de probabilidade normal ou triangular e posteriormente exibe as probabilidades de viabilidade do projeto, a relação benefício/custo, valor esperado de benefício líquido, desvio absoluto, variância, desvio padrão e coeficiente de variação como índices econômicos envolvidos na decisão de irrigar ou não irrigar. Apresenta também uma análise de sensibilidade do benefício líquido anual em função da variação dos fatores econômicos e a participação em porcentagem dos fatores econômicos na formação do custo total da irrigação. Nas análises realizadas sobre a irrigação da cana-de-açúcar para região de Piracicaba, todos os sistemas testados apresentaram relação benefício/custo inferior a um e valores esperados de benefício líquido anual da irrigação negativos, indicando inviabilidade. A utilização do motor diesel apresentou para todos os sistemas, probabilidade nula de ocorrência de benefício líquido anualmaior que zero. Dentre os sistemas analisados o pivô central apresentou a maior probabilidade de ocorrência de benefício líquido anual maior que zero (10,70%) utilizando energia elétrica. No caso da irrigação do tomate industrial na região de Piracicaba todos os sistemas testados apresentaram viabilidade, isto é, relação benefício/custo sempre maior que um e valores esperados de benefício líquido anual positivos. Dentre eles a aspersão convencional apresentou a maior relação benefício/custo (média de 4,74), o maior valor esperado de benefício líquido anual (R
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 26.08.2005
  • Online source access
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MARQUES, Patricia Angélica Alves; FRIZZONE, Jose Antonio. Modelo computacional para determinação do risco econômico em culturas irrigadas. 2005.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2005. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11143/tde-09092005-162338/ >.
    • APA

      Marques, P. A. A., & Frizzone, J. A. (2005). Modelo computacional para determinação do risco econômico em culturas irrigadas. Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11143/tde-09092005-162338/
    • NLM

      Marques PAA, Frizzone JA. Modelo computacional para determinação do risco econômico em culturas irrigadas [Internet]. 2005 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11143/tde-09092005-162338/
    • Vancouver

      Marques PAA, Frizzone JA. Modelo computacional para determinação do risco econômico em culturas irrigadas [Internet]. 2005 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11143/tde-09092005-162338/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020