Exportar registro bibliográfico

Doses de N e K aplicados via fertirrigação na cultura da roseira (Rosa sp.) em ambiente protegido (2004)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: CASARINI, EDIVALDO - ESALQ
  • Unidades: ESALQ
  • Sigla do Departamento: LER
  • Subjects: AMBIENTE PROTEGIDO (PLANTAS); FERTIRRIGAÇÃO; FERTILIZANTES NITROGENADOS; FERTILIZANTES POTÁSSICOS; IRRIGAÇÃO POR GOTEJAMENTO; ROSA
  • Language: Português
  • Abstract: A fertirrigação em rosas é uma técnica bastante utilizada pelos produtores de flores. O nitrogênio e o potássio são os nutrientes mais exigidos nas distintas fases da cultura, onde a aplicação de quantidades corretas aumenta a produtividade e a qualidade das flores. Com o objetivo foi avaliar a produtividade e a qualidade das hastes florais na cultura da roseira, cultivar “Versilha”, em ambiente protegido conduziu-se um experimento na área experimental do Departamento de Engenharia Rural da ESALQ/USP, localizado no município de Piracicaba, SP, entre os meses de novembro/2002 a setembro/2003. Os tratamentos foram dispostos numa combinação de 4 doses de N (10; 20; 30 e 40 g.pl-1.ano-1), 4 doses de K (10; 20; 30 e 40 g.pl-1.ano-1). O delineamento experimental adotado foi o de blocos casualizados com 3 repetições, sendo os fatores arranjados em esquema fatorial 4 x 4. O sistema de irrigação utilizado foi o gotejamento, adotando manejo de irrigação com tensiômetros e tanque evaporimétrico reduzido. Foram avaliados os parâmetros qualitativos das hastes e botões de rosas, a produtividade, a condutividade elétrica e os níveis de NO3- e K+ na solução do solo através de medidor de íons (HORIBA) e as concentrações de macro e micronutrientes nas folhas. A lâmina total aplicada entre os meses de fevereiro e setembro foi de 839,43 mm com média de 3,46 mm.dia-1 e o potencial matricial médio da água no solo foi de –10 kPa na camada de 0 – 20 cm. A produtividade de rosas nasduas colheitas reduziu linearmente com as doses de K aplicadas. Para a qualidade das hastes não houve diferença significativa para a maioria dos parâmetros avaliados nas duas colheitas. A condutividade elétrica e as concentrações de NO3- e K+ na solução do solo aumentaram linearmente de acordo com as doses de N e K aplicados. Para as concentrações de N e P nas folhas observou-se a influência das doses de N, para ) Ca2+ e Mg2+ observou-se a influencia das doses de K, mostrando o antagonismo entre eles. Nas concentrações de micronutrientes, o boro foi influenciado pelo N e K e as concentrações de Fe2+ e Mn2+ foram influenciadas pelo N.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 09.11.2004
  • Online source access
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CASARINI, Edivaldo; FOLEGATTI, Marcos Vinicius. Doses de N e K aplicados via fertirrigação na cultura da roseira (Rosa sp.) em ambiente protegido. 2004.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2004. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11143/tde-16122004-163854/ >.
    • APA

      Casarini, E., & Folegatti, M. V. (2004). Doses de N e K aplicados via fertirrigação na cultura da roseira (Rosa sp.) em ambiente protegido. Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11143/tde-16122004-163854/
    • NLM

      Casarini E, Folegatti MV. Doses de N e K aplicados via fertirrigação na cultura da roseira (Rosa sp.) em ambiente protegido [Internet]. 2004 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11143/tde-16122004-163854/
    • Vancouver

      Casarini E, Folegatti MV. Doses de N e K aplicados via fertirrigação na cultura da roseira (Rosa sp.) em ambiente protegido [Internet]. 2004 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11143/tde-16122004-163854/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020