Exportar registro bibliográfico

Memória fonológica e memória tonal (2004)

  • Authors:
  • Autor USP: FELIPPE, ANA CLARA NAUFEL DE - FFCLRP
  • Unidade: FFCLRP
  • Sigla do Departamento: 594
  • Subjects: PSICOLOGIA COGNITIVA; PROCESSOS PERCEPTOMOTORES; PSICOBIOLOGIA
  • Language: Português
  • Abstract: O modelo de memória de trabalho proposto por Baddeley (1986) é composto por um Executivo Central e por dois subsistemas de trabalho, o armazenador viso- espacial e o "loop" fonológico. O executivo central é responsável por monitorar e controlar o funcionamento dos sistemas e por distribuir a atenção entre as tarefas a serem realizadas. O sistema viso-espacial tem a função de armazenar e processar a informação visual ou espacial, e o "loop" fonológico tem a função de armazenar e processar a informação verbal. Este modelo enfatiza a independência dos sistemas responsáveis pelo armazenamento e processamento da informação verbal e visual. Vários estudos têm questionado se o sistema responsável pelo processamento de material verbal é também responsável pelo processamento de material tonal, ou se existe outro sistema independente responsável pelo armazenamento e processamento de material tonal. O objetivo deste estudo foi investigar se a memória tonal e a verbal são processadas por um único sistema (" loop " fonológico) ou por sistemas independentes. Participaram deste estudo, 21 músicos e 22 não-músicos sem história de problemas auditivos, neurológicos e psicológicos. Estes participantes realizaram as seguintes tarefas experimentais: teste de reconhecimento de seqüências tonais, teste de extensão de memória fonológica, teste de reconhecimento verbal (3 condições: sem sons intervenientes, com palavras intervenientes e com tons intervenientes). teste dereconhecimento tonal (3 condições: sem sons intervenientes, com palavras intervenientes e com tons intervenientes). Os músicos tiveram desempenhos significativamente melhores em relação aos não-músicos nas tarefas tonais, mas não nas tarefas fonológicas. Na tarefa de reconhecimento tonal, os tons intervenientes atrapalharam a recordação dos tons, mas as palavras intervenientes não alteraram este desempenho, nem para músicos nem para não-músicos. Conclui- se que ... existe independência entre os processos de memória tonal e fonológica, e portanto, o "loop" fonológico do modelo de Baddeley (1986) não é responsável pelo processamento de estímulos tonais, mas apenas pelos estímulos de fala. O armazenamento dos estímulos tonais seria realizado por um "loop " tonal, independente do "loop" fonológico. Estes resultados também sugerem que, na clínica fonoaudiológica, o treinamento com estímulos tonais pode não proporcionar uma melhora na habilidade fonológica.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 30.06.2004

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FELIPPE, Ana Clara Naufel; GALERA, César Alexis. Memória fonológica e memória tonal. 2004.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2004.
    • APA

      Felippe, A. C. N., & Galera, C. A. (2004). Memória fonológica e memória tonal. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Felippe ACN, Galera CA. Memória fonológica e memória tonal. 2004 ;
    • Vancouver

      Felippe ACN, Galera CA. Memória fonológica e memória tonal. 2004 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021