Exportar registro bibliográfico

Análise comparativa entre testes de processamento auditivo central e o desempenho em tarefas de leitura e escrita (2000)

  • Authors:
  • Autor USP: FELIPPE, ANA CLARA NAUFEL DE - FFCLRP
  • Unidade: FFCLRP
  • Sigla do Departamento: 594
  • Assunto: PSICOBIOLOGIA
  • Language: Português
  • Abstract: Desordens no processamento auditivo central vem sendo apontadas como uma das causas dos distúrbios da leitura-escrita. Os testes de processamento auditivo central são recentes no Brasil a estudos para elucidar o valor de cada teste em nossarealidade a em relação a patologias específicas da comunicação são de fundamental importância. Neste estudo, o objetivo foi comparar os resultados da Avaliação Simplificada do Processamento Auditivo Central (ASPAC) a do Teste de Escuta DicóticaConsoante-vogal (TEDCV) com o desempenho em tarefas de leitura-escrita, afim de verificar a eficácia destes testes na detecção de desordens do processamento auditivo central. O TEDCV foi realizado nas 3 etapas de atenção: atenção livre, atençãoà direita e atenção à esquerda. Com relação ao TEDCV, foram calculados: o índice percentual de reconhecimento de fala distorcida (IPFD) nas 3 etapas, que avalia a atenção seletiva; o índice de predomínio de orelha, que avalia a assimetriaperceptual ou dominância hemisférica para estímulos linguísticos, na atenção livre (IPOAL) e o direcionamento da atenção, nas etepas de atenção à direita e a esquerda (IPOAD, IPOAE). As variáveis de leitura-escrita foram: velocidade de leitura,escore de compreensão de texto lido e escores de ortografia no ditado de pseudo-palavras e em uma história escrita elaborada pelo participante. Participantes deste estudo, 62 adolescentes do sexo masculino, destros de mão em pelo menos maisumamodalidade, sem perda auditiva periférica, sem histórico de problemas neurológicos e psiquiátricos, alunos da quinta série de uma escola pública do município de Ribeirão Preto. Segundo os achados deste estudo, a ASPAC alterada mostrou terassociação estatisticamente significante com velocidade lenta de leitura, baixos escores de compreensão de leitura e de ortografia na história, mostrando ser um teste eficaz na detecção de desordens do processamento auditivo central. O TEDCV ) não detectou possíveis diferenças quanto à atenção seletiva em função dos escores de leitura-escrita, pois não houve diferença quanto aos IPFDAL, IPFDAD a IPFDAE. Houve associação entre ausência de dominância hemisférica esquerda avelocidade lenta na leitura, podendo esta ausência ser um fator pré-disponente para a dificuldade de decodificação oral na leitura. O TEDCV evidenciou déficit atencional no grupo apresentando baixo escore de compreensão na leitura, pois esteapresentou menor direcionamento de atenção para a direita (IPOAD) do que o apresentando alto/médio escore. Concluiu-se que há associação entre desordens do processamento auditivo central a baixos escores de leitura-escrita, que a ASPAC foieficaz na detecção destas desordens enquanto o TEDCV foi parcialmente eficaz nesta detecção
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 10.05.2000

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FELIPPE, Ana Clara Naufel de; COLAFÊMINA, José Fernando. Análise comparativa entre testes de processamento auditivo central e o desempenho em tarefas de leitura e escrita. 2000.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2000.
    • APA

      Felippe, A. C. N. de, & Colafêmina, J. F. (2000). Análise comparativa entre testes de processamento auditivo central e o desempenho em tarefas de leitura e escrita. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Felippe ACN de, Colafêmina JF. Análise comparativa entre testes de processamento auditivo central e o desempenho em tarefas de leitura e escrita. 2000 ;
    • Vancouver

      Felippe ACN de, Colafêmina JF. Análise comparativa entre testes de processamento auditivo central e o desempenho em tarefas de leitura e escrita. 2000 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021