Exportar registro bibliográfico

Satisfação profissional da equipe de enfermagem de uma UTI-adulto: perspectivas de gestão para a qualidade da assistência (2002)

  • Authors:
  • Autor USP: MATSUDA, LAURA MISUE - EERP
  • Unidade: EERP
  • Sigla do Departamento: ERG
  • Subjects: UNIDADES DE TERAPIA INTENSIVA; SATISFAÇÃO NO TRABALHO; PROFISSIONAIS DE ENFERMAGEM
  • Language: Português
  • Abstract: O presente estudo, do tipo quase-experimental, enfocou a satisfação no trabalho de uma equipe de enfermagem de uma UTI-adulto. Os dados foram coletados em três momentos a intercalados com uma fase de intervenção. A 1a. Fase (pré-intervenção) contou com dois procedimentos de obtenção de dados. A primeira coleta ocorreu através do questionário índice de Satisfação no Trabalho (IST), que apontou os componentes com os quais a equipe se encontrava menos satisfeita. Ainda nessa fase, por meio de uma entrevista gravada, foram levantadas as sugestões para melhoria da satisfação da equipe. A seguir, para as principais atividades sugeridas, foram efetuadas propostas/atividades de intervenções como: reformulação do Histórico de Enfermagem; elaboração dos principais instrumentos administrativos, como o Regimento do Serviço de Enfermagem, Normas, Rotinas e Procedimentos para a UTI-adulto; atribuição/distribuição de procedimentos por categoria; atividades para capacitação da equipe; realização e divulgação de trabalhos científicos e outras. Após essa etapa, foi realizada a 2a. Fase de coleta de dados (pós-intervenção), que novamente contou com o questionário IWS a verificou os efeitos das intervenções efetuadas. Os dados da fase pré-intervenção indicaram que as enfermeiras se encontravam menos satisfeitas com os componentes Normas Organizacionais, Requisitos do Trabalho e Status Profissional. Os auxiliares de enfermagem, com a Autonomia, e também com os dois últimosindicados pelas Enfermeiras. Nesta fase, o índice final de satisfação, o IWS, foi de 12,12 para as enfermeiras e 11,33 para os auxiliares de enfermagem. Já na fase pós-intervenção, os índices aumentaram para 15,05 e 12,13 respectivamente. Visto que o maior valor do IST é de 37, os números apresentados indicaram que, apesar da elevação dos índices na fase pós-intervenção, ambas as categorias permaneceram insatisfeitas no trabalho. Embora a Instituição não .. fizesse uso da abordagem da Gestão pela Qualidade, verificou-se que os seus princípios e ações podem ser utilizados na gestão da equipe de enfermagem. Os resultados do presente estudo foram satisfatórios devido ao fato de a equipe mostrar-se interessada em realizar mudanças no serviço, associado à utilização das propostas e/ou intervenções realizadas, inclusive em nível de Instituição
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 26.03.2002

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MATSUDA, Laura Misue; ÉVORA, Yolanda Dora Martinez. Satisfação profissional da equipe de enfermagem de uma UTI-adulto: perspectivas de gestão para a qualidade da assistência. 2002.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2002.
    • APA

      Matsuda, L. M., & Évora, Y. D. M. (2002). Satisfação profissional da equipe de enfermagem de uma UTI-adulto: perspectivas de gestão para a qualidade da assistência. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Matsuda LM, Évora YDM. Satisfação profissional da equipe de enfermagem de uma UTI-adulto: perspectivas de gestão para a qualidade da assistência. 2002 ;
    • Vancouver

      Matsuda LM, Évora YDM. Satisfação profissional da equipe de enfermagem de uma UTI-adulto: perspectivas de gestão para a qualidade da assistência. 2002 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021