Exportar registro bibliográfico

Processamento mínimo de melão rendilhado: tipo de corte, temperatura de armazenamento e atmosfera modificada (2002)

  • Authors:
  • Autor USP: ARRUDA, MARIA CECILIA DE - ESALQ
  • Unidade: ESALQ
  • Sigla do Departamento: LPV
  • Subjects: MELÃO; EMBALAGENS DE ALIMENTOS; PROCESSAMENTO DE ALIMENTOS
  • Language: Português
  • Abstract: Os objetivos deste trabalho foram determinar o tipo de corte, a temperatura de armazenamento e os materiais de embalagem que proporcionam melhor manutenção da qualidade de melão minimamente processado. No primeiro experimento foram testados dois tipos de corte (cubo e fatia) e três temperaturas de armazenamento ('3 GRAUS'C, '6 GRAUS'C e '9 GRAUS'C). No segundo experimento os melões minimamente processados em cubos foram acondicionados em diversos materiais de embalagem e armazenados à '3 GRAUS'C. Os materiais de embalagem foram: AFG: filme poliolefínico com antifog da DuPont 15µm; HP: filme poliolefínico da DuPont 15'mü'm; PD-900: filme poliolefínico da Cryovac 58'mü'm; PEBD: filme de polietileno de baixa densidade 87'mü'm; PP: filme de polipropileno 52'mü'm; BB-200: filme multicamada da Cryovac 65'mü'm e PET: embalagem rígida de polietileno tereftalato. No terceiro experimento foi testado a injeção da mistura gasosa (5% 'O IND. 2' 'mais' 20% C'O IND. 2' 'mais' 75% 'N IND. 2') em 3 diferentes materiais de embalagem: BB-200: filme multicamada da Cryovac 65'mü'm; PBC: filme poliolefínico Probag Conservax 64'mü'm e PP: filme de polipropileno 52µm e o armazenamento foi realizado à '3 GRAUS'C. Melões acondicionados em embalagem com perfurações foram utilizados como controle. Todos os materiais de embalagem utilizados neste trabalho tiveram sua taxa de permeabilidade ao 'O IND. 2' e C'O IND. 2' determinadas.) No primeiro experimento foram determinadas as característicasfísico-químicas e sensoriais a cada 3 dias por um período de 9 dias. No segundo experimento foi realizado um monitoramento de composição gasosa do espaço livre das embalagens durante 8 dias e no nono dia avaliou-se as características físico-químicas e sensoriais. No terceiro experimento determinou-se as características físico-químicas, sensoriais, microbiológicas e a composição gasosa do espaço livre das embalagens a cada 3 dias durante 12 dias. Os tipos de corte estudados não influenciaram a qualidade do melão. O armazenamento à '3 GRAUS'C apresentou maior eficiência na manutenção da firmeza e das características sensoriais. Os filmes AFG e HP apresentaram alta taxa de permeabilidade ao 'O IND. 2' e C'O IND. 2' praticamente não possibilitaram a modificação da atmosfera. Os filmes PD-900, PEBD, PP e BB-200 apresentaram as menores taxas de permeabilidade aos gases, porém a modificação da atmosfera do interior destes filmes foi pequena. A embalagem rígida, apesar de alta taxa de permeabilidade aos gases, promoveu maior modificação da atmosfera, provavelmente devido à menor relação área de permeação da embalagem/massa de melão, porém o equilíbrio dos gases nesta embalagem só ocorreu após o 6º dia. Em todos os filmes as características físico-químicas foram mantidas, enquanto as características sensoriais foram mantidas apenas nos melões em embalagem de PET. A injeção de 5% de 'O IND. 2' 'mais' 20% C'O IND. 2' 'mais' 75% 'N IND. 2' nos filmes BB-200, PP e PBC tevepouca influência nas características sensoriais e físico-químicas dos melões. Verificou-se que a injeção da mistura gasosa (independente da embalagem) controlou o crescimento de microorganismos e que os melões do controle apresentaram alta contagem de bactérias mesófilas a partir do 9º dia
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 22.07.2002
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ARRUDA, Maria Cecília de; JACOMINO, Angelo Pedro. Processamento mínimo de melão rendilhado: tipo de corte, temperatura de armazenamento e atmosfera modificada. 2002.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2002. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11136/tde-28102002-163726/ >.
    • APA

      Arruda, M. C. de, & Jacomino, A. P. (2002). Processamento mínimo de melão rendilhado: tipo de corte, temperatura de armazenamento e atmosfera modificada. Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11136/tde-28102002-163726/
    • NLM

      Arruda MC de, Jacomino AP. Processamento mínimo de melão rendilhado: tipo de corte, temperatura de armazenamento e atmosfera modificada [Internet]. 2002 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11136/tde-28102002-163726/
    • Vancouver

      Arruda MC de, Jacomino AP. Processamento mínimo de melão rendilhado: tipo de corte, temperatura de armazenamento e atmosfera modificada [Internet]. 2002 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11136/tde-28102002-163726/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021