Exportar registro bibliográfico

Uma análise empírica do prêmio pelo risco nos contratos futuros de índice Bovespa da BM&F (1999)

  • Authors:
  • Autor USP: SASSATANI, RICARDO - FEA
  • Unidade: FEA
  • Sigla do Departamento: EAD
  • Assunto: INVESTIMENTOS
  • Language: Português
  • Abstract: Nas últimas décadas, os mercados futuros têm ocupado um papel relevante na administração de risco de investimentos. A importância adquirida pelos mercados futuros deu origem a três linhas de estudos: a eficiência de mercado, o poder de previsãode seus participantes e a questão do prêmio pelo risco. A idéia de existência de um prêmio pelo risco nos contratos futuros remonta aos estudos de Keynes nos anos 30, que formulou a teoria do normal backwardation. De acordo com o autor, em ummercado composto por hedgers e especuladores, os preços dos contratos futuros contém um prêmio que é pago pelos hedgers. Tal prêmio surge como recompensa aos especuladores por proverem a segurança e liquidez demandada pelos hedgers. A teoriaproposta por Keynes despertou a atenção de vários acadêmicos que realizaram testes empíricos para examinar se os preços futuros de fato conteriam um prêmio pelo risco. Destacam-se os estudos feitos por Telser (1958), Gray (1961), Dusak (1973),Bessembider (1993) e Chatrah et al. (1997). A maior parte dos estudos realizados costumam associar o lucro obtido pelos especuladores com a existência de um prêmio, e os resultados são variados. E entre os contratos analisados, pouca atenção foidada aos contratos futuros de índices de ações. Esta dissertação teve por objetivo analisar de forma direta a existência de um prêmio pelo risco nos contratos futuros de índice bovespa negociados na BM&F entre julho de 1994 e outubro de 1998.Neste trabalho, buscou-seidentificar a existência de um viés nos preços futuros do Ibovespa e associá-lo à posição assumida por hedgers e especuladores nos mercados futuros. Embora os contratos futuros apresentassem um viés em relação ao preçoteórico, os resultados não permitiram dizer que esta diferença é conseqüência de um prêmio pelo risco. Outras variáveis, como a variação das taxas de juros, o prazo e os resíduos defasados do modelo de regressão, apresentaram ) significância estatística tendo maior importância na predição deste viés
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 29.03.1999

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SASSATANI, Ricardo; SECURATO, José Roberto. Uma análise empírica do prêmio pelo risco nos contratos futuros de índice Bovespa da BM&F. 1999.Universidade de São Paulo, São Paulo, 1999.
    • APA

      Sassatani, R., & Securato, J. R. (1999). Uma análise empírica do prêmio pelo risco nos contratos futuros de índice Bovespa da BM&F. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Sassatani R, Securato JR. Uma análise empírica do prêmio pelo risco nos contratos futuros de índice Bovespa da BM&F. 1999 ;
    • Vancouver

      Sassatani R, Securato JR. Uma análise empírica do prêmio pelo risco nos contratos futuros de índice Bovespa da BM&F. 1999 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021