Exportar registro bibliográfico

Uso de micro-organismos fotossintetizantes para remoção de nutrientes residuais de águas provenientes de tratamento aeróbio de esgoto (2019)

  • Autores:
  • Autor USP: MORA, LINA SUSANA PEREZ - FCF
  • Unidade: FCF
  • Sigla do Departamento: FBT
  • Assuntos: TRATAMENTO DE ÁGUAS RESIDUÁRIAS; BIOQUÍMICA INDUSTRIAL; BIOTECNOLOGIA; BIOQUÍMICA MICROBIANA; MICROALGAS
  • Agências de fomento:
  • Idioma: Português
  • Resumo: O cultivo de micro-organismos fotossintetizantes em efluente secundário, proveniente de tratamento de esgoto doméstico, permite a remoção de nutrientes deste, diminuindo a eutrofização em corpos hídricos. Este trabalho visa ao crescimento de microalgas em água residuária de tratamento aeróbico de esgoto para redução de nitrogênio e fósforo desta. Foram realizados cultivos de Chlorella vulgaris e Monoraphidium contortum isolados de mangue em Erlenmeyers e em fotobiorreator com uso de águas residuárias sem adição de glicose e com adições de 30 mg.‘L POT.-1’ ou 70 mg.‘L POT.-1’ deste, bem como em meio padrão Bold. A adição de glicose nas águas residuárias nas concentrações de 30 e 70 mg.‘L POT.-1’, de um modo geral, favoreceu o crescimento celular de C.vulgaris em Erlenmeyers. Nos cultivos de M. contortum em Erlenmeyers não ocorreu aumento da concentração celular máxima (Xm) com a adição de glicose, mas as produtividades em células aumentaram em decorrência dos menores tempos de cultivo. O meio Bold levou a maiores tempos de cultivo que as águas residuárias. A microalga M. contortum cresceu mais que a C. vulgaris, independentemente do tipo de condição de cultivo, mas a maior diferença ocorreu em Erlenmeyers. Os valores de Xm em fotobiorreator com uso de água residuária para C. vulgaris e M. contortum foram de 3,55x‘10 POT.7’ células.‘ml POT.-1’ e 5,61x‘10 POT.7’ células ‘ml POT.-1’, respectivamente, com adição de 70 mg.‘L POT.-1’ de glicose na água residuária. Os cultivos em co-cultura de C. vulgaris e M. contortum em água residual sem adição de glicose resultaram em parâmetros de crescimento intermediários aos obtidos para as monoculturas. Em todos os cultivos com microalgas foi possível a depuração de fostato e nitrato do meio de cultivo, seja o meio Bold ou a água residuária, com porcentagens de remoção destes nutrientes deaté 99%. Em todos os cultivos também ocorreu diminuição do valor de demanda química de oxigênio das águas residuárias utilizadas para o crescimento das microalgas. Os teores de lipídios de C.vulgaris e M. contortum em fotobiorretor não sofreram grandes variações frente às condições experimentais e apresentaram valores médios de 26,2% e 39,9%, respectivamente. Os teores de proteínas médios de C. vulgaris e M. contortum em fotobiorreatores tubulares foram de 16,6% e 17,3%, respectivamente
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 27.09.2019
  • Acesso à fonte
    Como citar
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MORA, Lina Susana Perez. Uso de micro-organismos fotossintetizantes para remoção de nutrientes residuais de águas provenientes de tratamento aeróbio de esgoto. 2019. Tese (Doutorado) – Universidade de São Paulo, São Paulo, 2019. Disponível em: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9134/tde-03122019-112745/. Acesso em: 18 ago. 2022.
    • APA

      Mora, L. S. P. (2019). Uso de micro-organismos fotossintetizantes para remoção de nutrientes residuais de águas provenientes de tratamento aeróbio de esgoto (Tese (Doutorado). Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9134/tde-03122019-112745/
    • NLM

      Mora LSP. Uso de micro-organismos fotossintetizantes para remoção de nutrientes residuais de águas provenientes de tratamento aeróbio de esgoto [Internet]. 2019 ;[citado 2022 ago. 18 ] Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9134/tde-03122019-112745/
    • Vancouver

      Mora LSP. Uso de micro-organismos fotossintetizantes para remoção de nutrientes residuais de águas provenientes de tratamento aeróbio de esgoto [Internet]. 2019 ;[citado 2022 ago. 18 ] Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9134/tde-03122019-112745/


Biblioteca Digital de Produção Intelectual da Universidade de São Paulo     2012 - 2022