Exportar registro bibliográfico

CO2 como matéria prima: materiais híbridos do tipo uretanosil obtidos a partir de monômeros de poli(dimetil siloxano) e bisfenol A (2018)

  • Autores:
  • Autor USP: ALVES, ÁTILA NASCIMENTO - IQSC
  • Unidade: IQSC
  • Assunto: DIÓXIDO DE CARBONO
  • Idioma: Português
  • Resumo: Materiais dielétricos flexíveis e filmogênicos são essências para a produção de diversos dispositivos tecnológicos, tais como Organic Light Emiting Diodes (OLED), Transistores de Efeito de Campo (FET do Inglês Field Emission Transistor) ou fotovoltaicos orgânicos (OPV do Inglês Organic Photovoltaics). Dentro deste contexto, é importante salientar o esforço de desenvolver rotas sintéticas mais sustentáveis baseadas em matérias-primas e processos mais amigáveis ao meio ambiente. No Grupo de Química de Materiais Híbridos e Inorgânicos (GQMATHI) há mais de dez anos se pesquisa rotas sintéticas de preparação de oligômeros e polímeros de uretanas usando CO2 como matéria-prima. Assim, são sintetizados os materiais classificados como polihidroxi-uretânicos, que são obtidos a partir do monômero bis-ciclocarbonato de polidimetilsiloxano (CCPDMS) mediante a reação de polimerização por abertura de anel (ROP - do inglês Ring Oppening Polymerization). O monômero é obtido pela reação de cicloadição de CO2 no seu respectivo epóxido: poli(dimetil-siloxano) diglicidil éter (PDMS). Neste projeto os materiais hidroxi-uretânicos foram sintetizados, utilizando tanto o CCPDMS como monômero precursor da reação, como o ciclocarbonato de bisfenol A diglicidil éter (CCDGEBA). O oligômero formado foi ensaiado em diferentes proporções destes dois ciclocarbonatos na reação frente à uma diamina (5-Amino-1,3,3-trimetilciclohexanometilamina ,IFDA). Utilizou-se como grupo terminador de cadeia o 3-aminopropiltrietóxissilano (APTS). Os ciclocarbonatos foram caracterizados por espectroscopia vibracional (FTIR) e de ressonância magnética nuclear (RMN) de 13C e 1HNa espectroscopia vibracional a formação do grupamento ciclocarbonato foi obtida pela presença da banda de carbonila em 1790 cm-1 , enquanto na RMN os sinais do duplo dubleto próximo de 4,5 ppm (1H) e o pico em 154 ppm (13C) foram interpretados como sinais carcaterísticos do grupo ciclocarbonato. O material oligomérico sintetizado a partir dos ciclocarbonatos foi caracterizado por análise termogravimétrica (TGA), calorimetria diferencial de varredura (DSC), análise dinâmico-mecânica (DMA) bem como filmes dos mesmos foram preparados via spin coating. Os filmes foram caracterizados eletricamente por medidas de espectroscopia de impedância, visando avaliar a possibilidade do material ser utilizado como camada dielétrica em transístores orgânicos do tipo FET. Visando um melhor desempenho do material hidroxi-uretânico nesta aplicação o dióxido de titânio (constante dielétrica (ε) ≈ 100) foi introduzido na matriz polimérica. Assim sendo, a introdução desta cerâmica classificará o material formado como um material compósito do tipo híbrido inorgânico-orgânico. Este híbrido também foi caracterizado por espectroscopia de impedância revelando um aumento da constante dielétrica, porém um aumento da perda dielétrica também foi observada para o híbrido
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 20.08.2018
  • Acesso à fonte
    Como citar
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ALVES, Átila Nascimento; RODRIGUES FILHO, Ubirajara Pereira. CO2 como matéria prima: materiais híbridos do tipo uretanosil obtidos a partir de monômeros de poli(dimetil siloxano) e bisfenol A. 2018.Universidade de São Paulo, São Carlos, 2018. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/75/75135/tde-23102018-160019/publico/AtilaNascimentoAlvesoriginal2.pdf >.
    • APA

      Alves, Á. N., & Rodrigues Filho, U. P. (2018). CO2 como matéria prima: materiais híbridos do tipo uretanosil obtidos a partir de monômeros de poli(dimetil siloxano) e bisfenol A. Universidade de São Paulo, São Carlos. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/75/75135/tde-23102018-160019/publico/AtilaNascimentoAlvesoriginal2.pdf
    • NLM

      Alves ÁN, Rodrigues Filho UP. CO2 como matéria prima: materiais híbridos do tipo uretanosil obtidos a partir de monômeros de poli(dimetil siloxano) e bisfenol A [Internet]. 2018 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/75/75135/tde-23102018-160019/publico/AtilaNascimentoAlvesoriginal2.pdf
    • Vancouver

      Alves ÁN, Rodrigues Filho UP. CO2 como matéria prima: materiais híbridos do tipo uretanosil obtidos a partir de monômeros de poli(dimetil siloxano) e bisfenol A [Internet]. 2018 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/75/75135/tde-23102018-160019/publico/AtilaNascimentoAlvesoriginal2.pdf

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Biblioteca Digital de Produção Intelectual da Universidade de São Paulo     2012 - 2021