Exportar registro bibliográfico

Fatores determinantes para a adoção das governanças de dados e de informação no ambiente big data (2018)

  • Autores:
  • Autor USP: FURLAN, PATRÍCIA KUZMENKO - EP
  • Unidade: EP
  • Sigla do Departamento: PRO
  • Assuntos: BIG DATA; INTELIGÊNCIA COMPETITIVA; GOVERNANÇA
  • Agências de fomento:
  • Idioma: Português
  • Resumo: No ambiente big data, as organizações se preocupam em extrair valor dos dados e das informações com o intuito de obter vantagens competitivas. No entanto, são necessários esforços organizacionais com relação aos ativos de dados, incluindo a definição de responsabilidades com relação ao uso dos dados, a garantia da qualidade dos dados, dentre outros aspectos contemplados pelos modelos de governança de dados ou de informação. Deste modo, esta pesquisa investigou como as organizações podem adotar as governanças de dados ou de informação no ambiente big data e, para tanto, foram contemplados estudos de casos multisetoriais para identificar os fatores determinantes para a adoção das governanças de dados ou de informação no ambiente big data. Foram investigados os elementos e os conteúdos dos modelos de governança de dados ou de informação e analisados os aspectos dos modelos com relação à inteligência de negócios e ao big data analytics. Notou-se que as ações organizacionais com relação à governança de dados ou de informação são pouco consolidadas, mas conhecidas pelas organizações. Além disto, os modelos de governança de dados ou de informação são adotados por organizações com diferentes níveis de capacidades analíticas. Tais modelos contemplam a definição dos objetivos estratégicos da governança e domínios como o gerenciamento da qualidade dos dados ou das informações, o gerenciamento dos dados (em especial meta-dados), a transformação da mentalidade organizacional com relação aos dados e as informações e necessitam de competências de colaboração e comunicação dos stakeholders. Foram identificados oito fatores determinantes para a adoção das governanças de dados ou de informação no ambiente big data, os quais contemplam práticas estruturais, relacionais e operacionais do modelo de governança:1 - Organizações grandes, globais, difusas, com estruturas descentralizadas de negócios e portfolio complexo de produtos ou serviços; 2 - Apontar um C-level, definir gerentes na estrutura e determinar data owners e data stewards; 3 - Estabelecer comitê de dados ou outros meios para reunir a alta cúpula e os principais líderes da organização; 4 - Atuação do departamento de TI nas atividades de gerenciamento de dados ou de informação, viabilizando e executando atividades operacionais com relação aos dados e as informações dentre as bases de dados e sistemas de informação; 5 - Atuar ativamente na transformação cultural da organização para data-driven; 6 - Promover a comunicação e a colaboração interna; desenvolver a comunicação com relação à eficácia das políticas e a necessidade de adequação dos stakeholders; 7 - Definir, gerenciar e controlar metadados; 8 - Definir os padrões, as exigências e o controle sobre a qualidade dos dados. A pesquisa oferece uma consolidação teórica relevante para o campo da governança de dados ou da informação, contemplando vasta lista de variáveis da literatura de de dados e governança de informação. Foi também possível expandir o modelo de governança de dados ou de informação englobando os domínios relativos à colaboração e comunicação, mudança cultural. Propõem-se uma expansão na conceituação geral dos termos governança de dados e governança de informação.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 19.06.2018
  • Acesso à fonte
    Como citar
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FURLAN, Patricia Kuzmenko; LAURINDO, Fernando José Barbin. Fatores determinantes para a adoção das governanças de dados e de informação no ambiente big data. 2018.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2018. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3136/tde-24092018-081250/pt-br.php >.
    • APA

      Furlan, P. K., & Laurindo, F. J. B. (2018). Fatores determinantes para a adoção das governanças de dados e de informação no ambiente big data. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3136/tde-24092018-081250/pt-br.php
    • NLM

      Furlan PK, Laurindo FJB. Fatores determinantes para a adoção das governanças de dados e de informação no ambiente big data [Internet]. 2018 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3136/tde-24092018-081250/pt-br.php
    • Vancouver

      Furlan PK, Laurindo FJB. Fatores determinantes para a adoção das governanças de dados e de informação no ambiente big data [Internet]. 2018 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3136/tde-24092018-081250/pt-br.php


Biblioteca Digital de Produção Intelectual da Universidade de São Paulo     2012 - 2021