Exportar registro bibliográfico

Química em fluxo como alternativa ao processo batelada na reação da 2,4-Tiazolidinadiona com p-Metoxibenzaldeído (2018)

  • Autores:
  • Autor USP: VIEIRA, RODRIGO DE OLIVEIRA - FCF
  • Unidade: FCF
  • Sigla do Departamento: FBT
  • Assuntos: FÁRMACOS; TECNOLOGIA QUÍMICA
  • Idioma: Português
  • Resumo: A utilização de microrreatores nas indústrias químico-farmacêuticas possibilita uma série de vantagens devido a seu tamanho reduzido comparado aos reatores batelada. Neste trabalho foi feita a transposição da reação da 2,4-tiazolidinadiona com p-metoxibenzaldeído do batelada para o processo em fluxo em microrreator capilar. Adicionalmente, são apresentados estudos de solventes com metanol, etanol e n-propanol, que são mais utilizados por essas indústrias. O etanol apresentou os melhores resultados em termos de rendimento da reação. No processo batelada foi obtido um rendimento de 100% em 480 min utilizando piperidina (0,053 M) como base e concentração equimolar dos reagentes (0,066 M), enquanto que para a reação com pirrolidina o rendimento foi de 100% em 50 min. Com a transposição para o processo em fluxo, o etanol também foi o melhor solvente, alcançando 100% de rendimento (T =140°C, tempo médio de residência: 12 min, base pirrolidina). Também foi feito um estudo de bases que promovessem a reação, sendo estas a morfolina, feniletilamina, propargilamina, piperidina, diaminoetano, piperazina e pirrolidina. No processo em fluxo, a pirrolidina (0,033 M) teve os melhores resultados em termos de conversão, rendimento e velocidade inicial para todas as temperaturas (65, 78, 98, 120, 140 e 160°C) e tempos médios de residência (2, 4, 8, 16, 20, 30, 50 e 70 min) estudados nos três solventes mencionados. O mesmo foi observado no processo batelada, com a qual foi obtido conversão e rendimentos máximos para cada solvente em tempos menores do que na reação com a piperidina. Foram também estimados quantos microrreatores associados em paralelo são necessários para equivaler à produção no processo batelada e constatou-se que um único microrreator produz mais que 1 reator em batelada operando por 8h com o mesmo meio reacional, ao se utilizar etanol (tempo médio de residência 2 min,T =140°C) mostrando assim, que o microrreator pode ser utilizado como alternativa de processo para essa síntese e que a Tecnologia de Microrreatores (TMR) pode ser melhor difundida na indústria.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 28.06.2018
  • Acesso à fonte
    Como citar
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      VIEIRA, Rodrigo de Oliveira; PALMA, Mauri Sérgio Alves. Química em fluxo como alternativa ao processo batelada na reação da 2,4-Tiazolidinadiona com p-Metoxibenzaldeído. 2018.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2018. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9135/tde-16082018-144946/ >.
    • APA

      Vieira, R. de O., & Palma, M. S. A. (2018). Química em fluxo como alternativa ao processo batelada na reação da 2,4-Tiazolidinadiona com p-Metoxibenzaldeído. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9135/tde-16082018-144946/
    • NLM

      Vieira R de O, Palma MSA. Química em fluxo como alternativa ao processo batelada na reação da 2,4-Tiazolidinadiona com p-Metoxibenzaldeído [Internet]. 2018 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9135/tde-16082018-144946/
    • Vancouver

      Vieira R de O, Palma MSA. Química em fluxo como alternativa ao processo batelada na reação da 2,4-Tiazolidinadiona com p-Metoxibenzaldeído [Internet]. 2018 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9135/tde-16082018-144946/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Biblioteca Digital de Produção Intelectual da Universidade de São Paulo     2012 - 2021