Exportar registro bibliográfico

Concepções e práticas de profissionais da saúde e assistência social acerca dos transtornos de comportamento em crianças e adolescentes (2018)

  • Autores:
  • Autor USP: BUENO, CAROLINE KRAUSER - EERP
  • Unidade: EERP
  • Sigla do Departamento: ERP
  • Assuntos: PSICOLOGIA DA CRIANÇA; ENFERMAGEM PSIQUIÁTRICA; CONDUTAS TERAPÊUTICAS; VIOLÊNCIA CONTRA O MENOR; CRIANÇAS; ADOLESCENTES
  • Palavras-chave do autor: Behavior disorders; Conduct disorder; Transtorno de conduta; Transtornos de comportamento; Violência juvenil; Youth violence
  • Idioma: Português
  • Resumo: Nesta dissertação, procuramos compreender os sentidos e significados que os profissionais de serviços de saúde e de assistência social de um município do interior paulista têm acerca dos transtornos de comportamento em crianças e adolescentes. Para tanto, foi realizado um estudo qualitativo em dois serviços de saúde e 2 conselhos tutelares de um município do interior paulista. Participaram do estudo 13 profissionais. A coleta de dados foi realizada através de uma entrevista semiestruturada realizada em local escolhido pelos participantes. Para a organização e tratamento dos dados foi utilizada a técnica de análise de conteúdo de Bardin, que nos permitiu construir três categorias temáticas: "Transtornos de comportamento: que comportamento é esse?" "Transtornos de comportamento: como se desenvolvem?" "Ações (des)articuladas entre os setores saúde e assistência no atendimento à crianças e adolescentes com transtorno de comportamento". Verificamos que o conhecimento acerca da aplicabilidade diagnóstica dos transtornos de comportamento não é clara para os profissionais de nosso estudo, o que acaba dificultando a identificação e o encaminhamento dessas crianças e adolescentes aos serviços de saúde mental e assistência social. Para os profissionais de nosso estudo, os principais fatores de risco atribuídos ao desenvolvimento dos transtornos de comportamento em crianças e adolescentes são aqueles que ocorrem nas relações entre as crianças e seus familiares, como a violência doméstica, a desestruturação familiar, a falta de abeto e as práticas educativas, fatores que podem inclusive potencializar ou não a predisposição genética da criança ou adolescente a desenvolver transtornos de comportamento. Já os fatores macrossociais, como as condições sociais e culturais, a ação do estado e as características da sociedade nas quais vivem as crianças e adolescentes sãopormenorizados como colaboradores para o desenvolvimento de transtornos de comportamento pelos profissionais de nosso estudo. Por fim, constatamos que as ações de prevenção à violência juvenil e de atendimento à crianças e adolescentes com transtornos de comportamento dos profissionais de nosso estudo não atendem às diretrizes e normas estabelecidas pela OMS e pelas políticas nacionais de prevenção à violência no que diz respeito ao trabalho integrado e intersetorial, no desenvolvimento de ações preventivas, na consolidação do atendimento pré-hospitalar sistematizado, hierarquizado e subsidiado por práticas baseadas em evidências e na capacitação adequada dos recursos humanos
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 09.02.2018
  • Acesso à fonte
    Como citar
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      KRAUSER, Caroline; SCHERER, Zeyne Alves Pires. Concepções e práticas de profissionais da saúde e assistência social acerca dos transtornos de comportamento em crianças e adolescentes. 2018.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2018. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22131/tde-29052018-134102/ >.
    • APA

      Krauser, C., & Scherer, Z. A. P. (2018). Concepções e práticas de profissionais da saúde e assistência social acerca dos transtornos de comportamento em crianças e adolescentes. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22131/tde-29052018-134102/
    • NLM

      Krauser C, Scherer ZAP. Concepções e práticas de profissionais da saúde e assistência social acerca dos transtornos de comportamento em crianças e adolescentes [Internet]. 2018 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22131/tde-29052018-134102/
    • Vancouver

      Krauser C, Scherer ZAP. Concepções e práticas de profissionais da saúde e assistência social acerca dos transtornos de comportamento em crianças e adolescentes [Internet]. 2018 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22131/tde-29052018-134102/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Biblioteca Digital de Produção Intelectual da Universidade de São Paulo     2012 - 2020