Exportar registro bibliográfico

Concepção de tabuleiros curvos e estaiados (2017)

  • Autores:
  • Autor USP: CHUNG, GABRIELA MARIANA - EP
  • Unidade: EP
  • Sigla do Departamento: PEF
  • Assuntos: PONTES PÊNSEIS; PASSARELAS; CONCRETO
  • Idioma: Português
  • Resumo: Dos sistemas de pontes suspensas por cabos, as estaiadas tem sido largamente utilizadas devido a sua capacidade de vencer grandes vãos e, além dessa vantagem estrutural, são esteticamente bem aceitas pela sociedade, valorizando o espaço urbano e muitas vezes tornando-o ponto de referência. Atualmente, em que a otimização da infraestrutura viária é de extrema importância, as pontes estaiadas são bastante exploradas por suas vantagens construtivas, não demandando grandes áreas de apoio durante a construção que possam interferir no fluxo de veículos ou embarcações existente. Em conjunto a isso, a escolha do tipo de obra de arte se deve a diversos outros fatores, tais como as condições locais da fundação, o consumo de materiais e mão de obra, facilidades construtivas, etc. Muitas vezes é necessário estudar outras formas de utilização desse tipo de estruturas, como é o caso de pontes curvas, em que um traçado reto não bastaria para transpor um obstáculo e respeitar o traçado projetado ao viário. Para isso, o conhecimento das técnicas e teorias que fundamentam pontes estaiadas curvas é requisito para o estudo de uma concepção mais favorável e/ou otimizada, onde devem ser avaliados todos os fatores que influem em seu comportamento. Este trabalho apresenta a avaliação de esforços no tabuleiro e no mastro para diversos modelos estruturais. Na primeira etapa será discutida a forma de concepção dos modelos aplicados a um estudo de caso através de comparação dos esforços para avaliar a viabilidade de simular o tensionamento inicial nos cabos através da aplicação de uma queda de temperatura. Em seguida, serão avaliados os efeitos da posição do mastro e do posicionamento unilateral dos estais, permitindo obter a configuração que apresente um melhor desempenho geral. Por fim, as análises serãoaplicadas a um estudo de caso com tabuleiro de maior largura. Dos resultados obtidos verificou-se que a configuração de tabuleiro suspenso pelo lado interno, única que não invade o gabarito de pedestres ou veículos, se mostrou viável sem, contudo, apresentar todas as vantagens estruturais, de modo que há torção significativa. Em compensação, a flexão se mostrou reduzida.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 15.12.2017
  • Acesso à fonte
    Como citar
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CHUNG, Gabriela Mariana; STUCCHI, Fernando Rebouças. Concepção de tabuleiros curvos e estaiados. 2017.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2017. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3144/tde-24042018-141447/pt-br.php >.
    • APA

      Chung, G. M., & Stucchi, F. R. (2017). Concepção de tabuleiros curvos e estaiados. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3144/tde-24042018-141447/pt-br.php
    • NLM

      Chung GM, Stucchi FR. Concepção de tabuleiros curvos e estaiados [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3144/tde-24042018-141447/pt-br.php
    • Vancouver

      Chung GM, Stucchi FR. Concepção de tabuleiros curvos e estaiados [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3144/tde-24042018-141447/pt-br.php

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Biblioteca Digital de Produção Intelectual da Universidade de São Paulo     2012 - 2021