Exportar registro bibliográfico

Avaliação do efeito da interleucina-6 e da eritropoetina na lesão medular em ratos (2018)

  • Autores:
  • Autor USP: BARROS, ALDERICO GIRãO CAMPOS DE - FM
  • Unidade: FM
  • Sigla do Departamento: MOT
  • Assuntos: INTERLEUCINA 2; ERITROPOIETINA; TRAUMATISMOS DA MEDULA ESPINHAL; SISTEMA NERVOSO CENTRAL; RATOS; REGENERAÇÃO (FENÔMENOS BIOLÓGICOS); INTERLEUCINA 6
  • Palavras-chave do autor: Central nervous system/injuries; Erythropoietin; Interleukin-6; Rats; Spinal cord injuries
  • Idioma: Português
  • Resumo: Introdução: Este estudo teve como objetivo avaliar o efeito da interleucina 6 (IL-6) e eritropoetina (EPO) na lesão medular aguda experimental em ratos. Materiais e Métodos: A lesão foi induzida pelo equipamento padronizado NYU Impactor, com queda de um peso de 10 g à distância de 12,5 mm de altura. Foram utilizados 50 ratos da linhagem Wistar, divididos em cinco grupos de 10 animais. O grupo EPO, ratos tratados com EPO; grupo EPO/IL-6, animais tratados com EPO e IL-6; grupo IL-6, administração de IL-6; grupo placebo, solução placebo; grupo Sham, procedimento sham (apenas laminectomia, sem lesão medular). Todas as drogas e soro fisiológico foram administrados por via intraperitoneal, durante três semanas. Os animais foram acompanhados por 42 dias. A recuperação motora funcional foi monitorada pela escala de Basso, Beattie e Bresnahan (BBB) nos dias 2, 7, 14, 21, 28, 35 e 42. Exame de potencial evocado foi efetuado no 42o dia, sendo realizada análise histológica qualitativa e quantitativa após eutanásia. Resultados: Os resultados das avaliações da escala BBB mostraram recuperação funcional motora superior no grupo que recebeu EPO. A administração de IL-6 isolada não mostrou benefícios em relação ao grupo que recebeu solução placebo e a associação de IL-6 com EPO mostrou resultados inferiores ao grupo que recebeu apenas EPO. Conclusão: Concluímos que uso EPO após lesão medular contusa em ratos mostrou benefícios na recuperação motora. A associação de EPO e IL- 6 mostrou benefícios, porém com resultados inferiores aos da EPO isolada.O uso isolado de IL-6 não mostrou benefícios após lesão medular contusa experimental em ratos
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 30.01.2018
  • Acesso à fonte
    Como citar
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BARROS, Alderico Girão Campos de; CRISTANTE, Alexandre Fogaça. Avaliação do efeito da interleucina-6 e da eritropoetina na lesão medular em ratos. 2018.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2018. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5140/tde-15032018-093626/ >.
    • APA

      Barros, A. G. C. de, & Cristante, A. F. (2018). Avaliação do efeito da interleucina-6 e da eritropoetina na lesão medular em ratos. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5140/tde-15032018-093626/
    • NLM

      Barros AGC de, Cristante AF. Avaliação do efeito da interleucina-6 e da eritropoetina na lesão medular em ratos [Internet]. 2018 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5140/tde-15032018-093626/
    • Vancouver

      Barros AGC de, Cristante AF. Avaliação do efeito da interleucina-6 e da eritropoetina na lesão medular em ratos [Internet]. 2018 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5140/tde-15032018-093626/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Biblioteca Digital de Produção Intelectual da Universidade de São Paulo     2012 - 2021