Exportar registro bibliográfico

Caracterização fenotípica e genotípica de cepas de Salmonella enterica isoladas de carne suína no município de São Paulo (2017)

  • Autores:
  • Autor USP: GOMES, VASCO TULIO DE MOURA - FMVZ
  • Unidade: FMVZ
  • Sigla do Departamento: VPS
  • Assuntos: SALMONELLA; GENOMAS
  • Palavras-chave do autor: Salmonella enteric; Salmonella entérica; Carne suína; Genome; PFGE; PFGE; Pork cuts; Resistance; Resistência
  • Idioma: Português
  • Resumo: Atualmente, a salmonelose representa uma das zoonoses de maior importância em Saúde Pública no mundo, em razão da alta endemicidade, mortalidade, e dificuldade do seu controle. No município de São Paulo, é possível encontrar diferentes realidades no que se diz respeito às boas práticas de produção e ao controle de qualidade dos produtos de origem animal, principalmente quando se considera os pontos de venda direta ao consumidor. Os objetivos do presente estudo foram avaliar a presença de Salmonella entérica em cortes de carne suína vendidos em mercados municipais, açougues e mercados de pequeno porte distribuídos nas cinco regiões do município de São Paulo. As estirpes isoladas foram caracterizadas quanto ao sorotipo, perfil de resistência a antimicrobianos, perfil genotípico através da eletroforese em campo pulsado (PFGE) e do polimorfismo do comprimento de fragmentos amplificados (AFLP). A partir dos 394 cortes de carne avaliados 6% foram positivos para o isolamento de S. enterica. Dentre os 111 estabelecimentos examinados, 14,4% apresentaram pelo menos um corte de carne positivo. Dentre as 60 estirpes selecionadas para caracterização, os sorotipos identificados foram Typhimurium (33,3%), London (26,7%), Brandenburg (10,0%), Schwaezengrund (8,3%), Derby (8,3%), Infantis (6,7%), Javiana (6,7%). A determinação da concentração inibitória mínima indicou as seguintes frequências de resistência antimicrobiana: azitromicina (100%), sulfametoxazol (98,3%), ampicilina (50%),cloranfenicol (41,7%), tetraciclina (40%), ácido nalidixico (21,7%), gentamicina (16,7%), trimetoprim (15%) e ciprofloxacina (5%). Todos os isolados foram sensíveis à cefotaxima, ceftazidima, meropenem e tigeciclina. Multirresistência foi identificada em 58,3% das estirpes avaliadas. A caracterização das estirpes pela PFGE e pelo AFLP revelou uma tendência a agrupar os isolados de acordo com a origem e com os sorotipos. A partir do sequenciamento do genoma de 11 estirpes foi possível identificar os STs, a presença de genes de resistência e de ilhas de patogenicidade. Os dados obtidos foram discutidos frente aos perfis descritos de estirpes de Salmonella entérica oriundas de criações de suínos e casos de infecção alimentar relatados no país e no exterior
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 08.05.2017
  • Acesso à fonte
    Como citar
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      GOMES, Vasco Tulio de Moura; MORENO, Andrea Micke. Caracterização fenotípica e genotípica de cepas de Salmonella enterica isoladas de carne suína no município de São Paulo. 2017.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2017. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10134/tde-02082017-155037/ >.
    • APA

      Gomes, V. T. de M., & Moreno, A. M. (2017). Caracterização fenotípica e genotípica de cepas de Salmonella enterica isoladas de carne suína no município de São Paulo. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10134/tde-02082017-155037/
    • NLM

      Gomes VT de M, Moreno AM. Caracterização fenotípica e genotípica de cepas de Salmonella enterica isoladas de carne suína no município de São Paulo [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10134/tde-02082017-155037/
    • Vancouver

      Gomes VT de M, Moreno AM. Caracterização fenotípica e genotípica de cepas de Salmonella enterica isoladas de carne suína no município de São Paulo [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10134/tde-02082017-155037/


Biblioteca Digital de Produção Intelectual da Universidade de São Paulo     2012 - 2020