Exportar registro bibliográfico

Das sinfonias ao samba: o imaginário das metrópoles no cinema brasileiro (2016)

  • Autores:
  • Autor USP: LEZO, DENISE - IAU
  • Unidade: IAU
  • Assuntos: CIDADES; CINEMA; RIO DE JANEIRO (RJ); SÃO PAULO (SP)
  • Palavras-chave do autor: Cities; Representações; Representations
  • Idioma: Português
  • Resumo: As décadas de 1950 e 1960, demarcadas por um intenso crescimento urbano e por um contexto de efervescência cultural, que contava também com o amadurecimento da produção e da crítica cinematográficas no país, configuraram um momento de profícuo diálogo entre as cidades e suas representações cinematográficas na conformação de seus aspectos imaginários e indenitários. Os filmes urbanos, entretanto, não eram um consenso no período, já que parte da crítica acreditava que as raízes da verdadeira brasilidade residiam no ambiente rural, ainda não corrompido pelo cosmopolitismo metropolitano. Assim, além de pouco numerosos, os filmes que tratavam dos grandes centros urbanos praticamente se resumiam a duas localidades, cada uma dotada de uma composição identitária própria:Rio de Janeiro, capital federal até 1960, e São Paulo, que passava por um acelerado processo de urbanização e industrialização, e que viria se tornar a cidade mais populosa do país. Observa-se que a capital paulista, marcada desde muito cedo por um imaginário ligado ao progresso aos avanços tecnológicos, à atividade industrial teve nas Sinfonias Urbanas filmes documentais realizados na década de 1920, que retratavam as cidades como ambientes universais, locus do artifício e da tecnologia, ritmadas pelo funcionamento ordenado da máquina uma importante influência, que permaneceu relevante até meados da década de 1960, em filmes como Simão, o Caolho (Alberto Cavalcanti, 1952), Noite Vazia (Walter Hugo Khouri, 1964) e São Paulo Sociedade Anônima (Luis Sérgio Person, 1965). Já o Rio de Janeiro, cuja exuberância da paisagem natural foi constantemente evidenciada em suas representações cinematográficas da primeira metade do século XX, passou a ser representada como Metrópole impactada pelos processos de modernização, para além do cartão-postal apenas em meados da década de 1950. Através da análise dos filmes Rio, Quarenta Graus (Nelson Pereira dos Santos, 1954), Cinco Vezes Favela (Marcos Farias, Miguel Borges, Cacá Diegues, Joaquim Pedro de Andrade e Leon Hirszman, 1962) e A Grande Cidade (Cacá Diegues, 1966), observa-se uma urbanidade marcadamente desigual e contrastante, que buscava se equilibrar sobre uma tênue linha entre ordem e caos. Para o Rio de Janeiro cinematográfico, adequar-se ao comando e ao ritmo da máquina não se mostrava uma resposta eficaz, sendo necessária a criação de mecanismos de resistência a essa ordem muitas vezes encontrados no senso de comunidade presente no ambiente das favelas, representado pelas manifestações populares, em especial o carnaval e o samba.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 02.12.2016
  • Acesso à fonte
    Como citar
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      LEZO, Denise; MARTINS, Carlos Alberto Ferreira. Das sinfonias ao samba: o imaginário das metrópoles no cinema brasileiro. 2016.Universidade de São Paulo, São Carlos, 2016. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/102/102132/tde-06072017-150133/ >.
    • APA

      Lezo, D., & Martins, C. A. F. (2016). Das sinfonias ao samba: o imaginário das metrópoles no cinema brasileiro. Universidade de São Paulo, São Carlos. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/102/102132/tde-06072017-150133/
    • NLM

      Lezo D, Martins CAF. Das sinfonias ao samba: o imaginário das metrópoles no cinema brasileiro [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/102/102132/tde-06072017-150133/
    • Vancouver

      Lezo D, Martins CAF. Das sinfonias ao samba: o imaginário das metrópoles no cinema brasileiro [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/102/102132/tde-06072017-150133/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Biblioteca Digital de Produção Intelectual da Universidade de São Paulo     2012 - 2021