Exportar registro bibliográfico

Cooperapas: agricultura e cooperativismo no extremo sul do município de São Paulo (2016)

  • Autores:
  • Autor USP: NAKAMURA, ANGÉLICA CAMPOS - FFLCH
  • Unidade: FFLCH
  • Sigla do Departamento: FLG
  • Assuntos: COOPERATIVAS AGRÍCOLAS; COOPERATIVISMO; AGRICULTURA FAMILIAR
  • Palavras-chave do autor: Agricultura urbana; Cooperapas; Family production; Produção familiar; Urban agriculture
  • Idioma: Português
  • Resumo: A Cooperativa Agroecológica dos Produtores Rurais e de Água Limpa da Região Sul de São Paulo (Cooperapas) foi fundada em 2011 e é a única cooperativa de agricultores do município de São Paulo. Nesse trabalho, pretende-se mostrar um pouco dos problemas, desafios e demandas pelos quais essa cooperativa vem passando desde a sua fundação. Para isso, a sua história foi resgatada e as questões que surgiram, ao longo do ano de 2015 nas reuniões e assembleias, foram trazidas, a fim de se retratar o cotidiano da cooperativa e como ela tenta resolver suas demandas. Para compreender melhor quem faz parte da Cooperapas, traçou-se um perfil geral de seus agricultores. Uma parcela do grupo foi entrevistada, trazendo, assim, as características gerais dos membros sob variados aspectos. Também se procurou contextualizar a região em que vivem esses agricultores, no caso, o extremo sul do município de São Paulo. A agricultura nessa região ganhou mais força no início do século XX, quando imigrantes chegaram e iniciaram a atividade, destacando-se, entre eles, os japoneses. Ao longo do século XX, a cidade de São Paulo cresceu vertiginosamente, tornando-se a principal metrópole do Brasil. A mancha urbana se expandiu, alcançando essa região que continua com a atividade agrícola. Com o crescimento desordenado da cidade, leis e normas começaram a ser estabelecidas a fim de se criar instrumentos urbanísticos que melhorem o espaço urbano e o tornem menos desigual. Assim, surgiram Planos Diretores, osquais também se preocuparam em pensar sobre a agricultura dentro do município. O Plano Diretor de 2002 e de 2014 ganharam destaque nesse trabalho, o primeiro por incluir a agricultura urbana na legislação e, o segundo, por continuar a tratar da atividade agrícola e restabelecer uma zona rural. Uma das áreas da zona rural é esse extremo sul, onde vivem os membros da Cooperapas. Dessa forma, o trabalho procurou contextualizar a região na qual vivem e produzem esses agricultores e as políticas públicas voltadas para a agricultura, quem são os membros da cooperativa e, finalmente, como a Cooperapas realiza sua gestão e enfrenta seus problemas e desafios.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 19.12.2016
  • Acesso à fonte
    Como citar
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      NAKAMURA, Angélica Campos; MARCOS, Valeria de. Cooperapas: agricultura e cooperativismo no extremo sul do município de São Paulo. 2016.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2016. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8136/tde-09032017-090516/ >.
    • APA

      Nakamura, A. C., & Marcos, V. de. (2016). Cooperapas: agricultura e cooperativismo no extremo sul do município de São Paulo. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8136/tde-09032017-090516/
    • NLM

      Nakamura AC, Marcos V de. Cooperapas: agricultura e cooperativismo no extremo sul do município de São Paulo [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8136/tde-09032017-090516/
    • Vancouver

      Nakamura AC, Marcos V de. Cooperapas: agricultura e cooperativismo no extremo sul do município de São Paulo [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8136/tde-09032017-090516/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Biblioteca Digital de Produção Intelectual da Universidade de São Paulo     2012 - 2021