Exportar registro bibliográfico

Controle de sistemas reconfiguráveis de manufatura (2016)

  • Autores:
  • Autor USP: SILVA, ROBSON MARINHO DA - EP
  • Unidade: EP
  • Sigla do Departamento: PMR
  • Assuntos: SISTEMAS DE CONTROLE; SISTEMAS DE MANUFATURAS; ARQUITETURA ORIENTADA A SERVIÇOS; SISTEMAS MULTIAGENTES; REDES DE PETRI
  • Agências de fomento:
  • Idioma: Português
  • Resumo: A capacidade de reconfiguração de sistemas de manufatura tem sido procurada pelas empresas para assegurar características de agilidade, eficiência e exibilidade para atender as mudanças de tipo/quantidade de produtos, processos, recursos e, além disso, para assegurar a devida reação à ocorrência de falhas. Por outro lado, a Indústria 4.0" impõe novos desafios para os sistemas de controle, tais como a integração de tecnologias de interação entre homem e máquina em cadeias de valor compondo uma rede de plantas industriais geograficamente dispersas. O controle de sistemas reconfiguráveis de manufatura deve considerar: (i) funcionalidades de sistemas distribuídos e dispersos, tais como agilidade de resposta às mudanças, autonomia e colaboração entre os componentes para alcançar os objetivos do sistema de forma conjunta; (ii) interfaces para sua interoperabilidade e portabilidade; (iii) modularização para facilitar a manutenção, expansão e atualização do sistema, evitando a sobreposição de escopos; e (iv) mecanismos de controle para supervisionar as ações e interações dos componentes, o diagnóstico e a tomada de decisão. O pleno atendimento a estes requisitos não é trivial e formalismos para o desenvolvimento de soluções devem ser adotados. Uma solução é combinar técnicas voltadas para sistema multiagente e holon com arquitetura orientada a serviço através de uma adequada técnica de modelagem usando extensões de rede de Petri: Production Flow Schema e Input Output Place Transition. Portanto, este trabalho prop~oe uma arquitetura de controle e o método de modelagem de seus componentes para sistemas reconfiguráveis de manufatura combinando estas técnicas e considerando os aspectos de personalização, convertibilidade, escalabilidade, modularidade, integrabilidade,diagnosticabilidade, interoperabilidade e colaboração entre os componentes do sistema de controle, inclusive do homem. Um exemplo de aplicação é apresentado para demonstrar a viabilidade da proposta e comprovar os resultados alcançados.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 01.08.2016
  • Acesso à fonte
    Como citar
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SILVA, Robson Marinho da; MIYAGI, Paulo Eigi; SANTOS FILHO, Diolino Jose dos. Controle de sistemas reconfiguráveis de manufatura. 2016.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2016. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3152/tde-12122016-092456/pt-br.php >.
    • APA

      Silva, R. M. da, Miyagi, P. E., & Santos Filho, D. J. dos. (2016). Controle de sistemas reconfiguráveis de manufatura. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3152/tde-12122016-092456/pt-br.php
    • NLM

      Silva RM da, Miyagi PE, Santos Filho DJ dos. Controle de sistemas reconfiguráveis de manufatura [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3152/tde-12122016-092456/pt-br.php
    • Vancouver

      Silva RM da, Miyagi PE, Santos Filho DJ dos. Controle de sistemas reconfiguráveis de manufatura [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3152/tde-12122016-092456/pt-br.php

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Biblioteca Digital de Produção Intelectual da Universidade de São Paulo     2012 - 2021