Exportar registro bibliográfico

Efeitos da adoçao mandatória do IFRS para o mercado de crédito no Brasil (2016)

  • Autores:
  • Autor USP: LIMA, VINíCIUS SIMMER DE - FEA
  • Unidade: FEA
  • Sigla do Departamento: EAC
  • Assunto: CONTABILIDADE INTERNACIONAL
  • Palavras-chave do autor: Contractual terms; Credit market; Credit rating; International accounting; Mercado de crédito; Rating de crédito; Termos contratuais
  • Idioma: Português
  • Resumo: A tese investiga três dimensões dos efeitos da adoção mandatória do IFRS para os mercados de crédito no Brasil: 1) para a relevância da informação contábil na perspectiva dos credores; 2) para os termos contratuais de crédito bancário e títulos de dívida; e 3) para a propensão das empresas locais captarem recursos nos mercados de crédito internacionais. As análises contemplam amostras de aproximadamente 6.500 ratings atribuídos por instituições financeiras e agências de risco (Fitch, Standard & Poors e Moody\'s) e 137.000 contratos de crédito bancário e títulos de dívida (debêntures) detidos por 122 grupos econômicos durante o período de 2005 a 2014. A abordagem empírica é construída a partir de um modelo de interação, comparando-se os períodos pré e pós-IFRS e confrontando grupos de adotantes mandatórios e voluntários. Utilizando-se controles relacionados às características do contrato (loan-specific), da empresa (firm-specific) e da instituição financeira concedente do crédito (lender-specific) e a partir de estimações por MQO, MQ2E e regressão logística, os resultados sugerem que os impactos da adoção do IFRS para a relação contratual de crédito exibem considerável heterogeneidade entre as empresas, dependem do tipo de mercado avaliado (crédito bancário x títulos de dívida) e são condicionais aos incentivos das empresas promoverem efetiva melhora na qualidade da informação contábil. Especificamente, a tese encontra que a adoção mandatória do IFRS contribuiu para: (i)aumentar a habilidade dos números contábeis explicarem o rating de crédito das empresas; (ii) reduzir a dispersão das notas de crédito atribuídas por diferentes instituições financeiras; (iii) reduzir o custo do crédito, alongar os prazos de vencimento, aumentar os montantes concedidos e reduzir a probabilidade de exigência de garantia; e (iv) aumentar a propensão das empresas locais captarem recursos nos mercados internacionais. Entretanto, as evidências sugerem que tais efeitos são exclusivos para entidades que possuem incentivos para prover informação contábil de qualidade, suportando que a existência de benefícios econômicos não depende meramente da publicação dos demonstrativos no padrão global, mas sim está condicionada à maneira como as empresas efetivamente adotam os pronunciamentos. Análises adicionais indicam que as consequências econômicas para o mercado de crédito tendem a ser maiores para os títulos de dívida em relação ao crédito bancário e para empresas com piores notas de crédito e maiores reconciliações iniciais entre o GAAP doméstico e o IFRS. Testes de robustez relacionados a variações na especificação da amostra e reduções nas janelas de evento reforçam a validade dos modelos e ajudam a suprimir potenciais preocupações de que os resultados tenham sido provocados por efeitos concorrentes. O estudo reforça a importância do papel informacional das demonstrações financeiras para os contratos de crédito e contrapõe evidências na literatura de queconsequências positivas associadas ao IFRS são exclusivas para países que apresentam determinadas características institucionais
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 24.02.2016
  • Acesso à fonte
    Como citar
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      LIMA, Vinícius Simmer de; LIMA, Gerlando Augusto Sampaio Franco de. Efeitos da adoçao mandatória do IFRS para o mercado de crédito no Brasil. 2016.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2016. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/12/12136/tde-06052016-104142/ >.
    • APA

      Lima, V. S. de, & Lima, G. A. S. F. de. (2016). Efeitos da adoçao mandatória do IFRS para o mercado de crédito no Brasil. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/12/12136/tde-06052016-104142/
    • NLM

      Lima VS de, Lima GASF de. Efeitos da adoçao mandatória do IFRS para o mercado de crédito no Brasil [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/12/12136/tde-06052016-104142/
    • Vancouver

      Lima VS de, Lima GASF de. Efeitos da adoçao mandatória do IFRS para o mercado de crédito no Brasil [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/12/12136/tde-06052016-104142/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Biblioteca Digital de Produção Intelectual da Universidade de São Paulo     2012 - 2020