Exportar registro bibliográfico

Efeito da expansão rápida de maxila nas funções orofaciais em crianças com mordida cruzada posterior (2012)

  • Autores:
  • Autor USP: GRECHI, TAIS HELENA - FMRP
  • Unidade: FMRP
  • Sigla do Departamento: ROO
  • Assuntos: DIAGNÓSTICO; OCLUSÃO DENTÁRIA; MASTIGAÇÃO; DEGLUTIÇÃO; TRANSTORNOS DE DEGLUTIÇÃO
  • Idioma: Português
  • Resumo: Objetivos: investigar em crianças com e sem mordida cruzada posterior a condição clínica miofuncional orofacial e as funções de mastigação e deglutição em relação ao volume ingerido, o tempo de transito preparatório oral (TTP), o tempo de transito oral (TTO), a frequência e o tipo mastigatório, a organização do bolo alimentar, a presença de escape prematuro e a ejeção oral, por meio do exame de videofluoroscopia e analisar ainda os efeitos da expansão rápida de maxila (ERM) sobre esses aspectos. Materiais e Métodos: Participaram deste estudo prospectivo longitudinal 32 crianças, sendo 21 do grupo mordida cruzada posterior (10 meninas e 10 meninos, idade média de 9,2 anos) e 11 do grupo controle sem alterações oclusais (6 meninas, 5 meninos, idade média 9,3 anos). As crianças foram avaliadas por um ortodontista, para o diagnóstico oclusal e caracterização dos grupos, pela equipe de otorronolaringologia, para avaliação do quadro respiratório e por uma fonoaudióloga, para identificação da condição miofuncional orofacial clínica e videofluoroscópica. As crianças com mordida cruzada posterior foram tratadas ortodonticamente, utilizando o aparelho disjuntor de "Hass" por aproximadamente seis meses e reavaliadas após 5 meses da retirada do aparelho, tempo controlado individualmente pelo ortodontista para estabilização da oclusão. Para análise dos dados foi utilizado o teste t de Student para as variáveis TTP, TTO e frequência mastigatória, os testes de Mann Whitney e Wilcoxon para as variáveis avaliação clínica e tipo mastigatório e os testes Exato de ‘X POT. 2’ e McNemar para as variáveis escape prematuro e ejeção oral. O nível de significância estabelecido foi P‘< ou =’0,05. Resultados: Houve diferença significativa na condição clínica miofuncional orofacial geral entre o grupo controle e mordida cruzada pré (p=0,00) e pós tratamento (p=0,01) e entre o grupomordida cruzada pré e pós tratamento (p=0,00). O tempo de transito preparatório oral apresentou valores significativamente menores na comparação entre o grupo mordida cruzada pré e pós tratamento. Não foi encontrada diferença significativa em relação ao volume ingerido, ao tempo de transito oral, à frequência e ao tipo mastigatório, à presença de escape prematuro e à ejeção oral do bolo alimentar na comparação entre o grupo controle e mordida cruzada pré e pós tratamento e o grupo mordida cruzada pré e pós tratamento. Conclusão: A condição miofuncional orofacial geral das crianças com mordida cruzada posterior pré e pós tratamento mostrou-se pior quando comparadas às crianças sem má oclusão. O tempo de transito da fase preparatória oral foi menor após a expansão rápida da maxila, com valores próximos ao grupo controle. A mordida cruzada e o tratamento ortodôntico não influenciaram no volume ingerido, no tempo de transito oral, na frequência e no tipo mastigatório, na presença de escape prematuro e na ejeção oral do bolo alimentar
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 18.10.2012

  • Como citar
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      GRECHI, Tais Helena; TRAWITZKI, Luciana Vitaliano Voi. Efeito da expansão rápida de maxila nas funções orofaciais em crianças com mordida cruzada posterior. 2012.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2012.
    • APA

      Grechi, T. H., & Trawitzki, L. V. V. (2012). Efeito da expansão rápida de maxila nas funções orofaciais em crianças com mordida cruzada posterior. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Grechi TH, Trawitzki LVV. Efeito da expansão rápida de maxila nas funções orofaciais em crianças com mordida cruzada posterior. 2012 ;
    • Vancouver

      Grechi TH, Trawitzki LVV. Efeito da expansão rápida de maxila nas funções orofaciais em crianças com mordida cruzada posterior. 2012 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Biblioteca Digital de Produção Intelectual da Universidade de São Paulo     2012 - 2021