Exportar registro bibliográfico

Efeitos funcionais da metaloproteinase da matriz 2 (MMP-2) em aorta de coelhos New Zealand in vitro (2011)

  • Autores:
  • Autor USP: PRADO, ALEJANDRO FERRAZ DO - FMRP
  • Unidade: FMRP
  • Sigla do Departamento: RFA
  • Assuntos: METALOPROTEINASES (EFEITOS); AORTA
  • Idioma: Português
  • Resumo: Nos últimos anos, muitos trabalhos têm chamado a atenção para a importância da Metaloproteinase da Matriz 2 (MMP-2) sob o sistema cardiovascular. Alguns estudos demonstram que a MMP-2 é capaz de clivar peptídeos em produtos que favorecem a vasoconstrição e que ainda podem aumentar o estresse oxidativo e levar à disfunção endotelial. No presente trabalho, estudamos o efeito da injeção intraluminal de MMP-2 (1,2 ‘mü’g/mL) em aorta torácica isolada de coelhos New Zealand sobre atividade gelatinolítica in situ, na produção de espécies reativas de oxigênio (EROs) e também em ensaio de reatividade vascular. A adição intraluminal de MMP-2 aumentou a atividade gelatinolítica in situ em relação ao efeito da adição somente do veículo (19,19 ± 0,93 U, n=5 versus 10,75 ± 0,45 U, n=5) e a formação de espécies reativas de oxigénio (20,12 ± 1,59 U, n=5 versus 11,15 ± 1,32 U, n=5) no músculo liso vascular (P<0,05). Esses efeitos foram inibidos quando a MMP-2 foi injetada juntamente com os inibidores de metaloproteinases fenantrolina e doxiciclina. Mas não foram inibidos pelo PMSF, inibidor de serina-proteases. Em ensaio de reatividade vascular, a MMP-2 aumentou a contração vascular da fenilefrina em anéis de aorta torácica sem endotélio quando comparado à adição do veículo (1833,50 ± 146,45 g/g, n=7 versas 1466,40 ± 109,95 g/g, n=5) (P<0,05), efeito que não observado em anéis com endotélio intacto. No ensaio de relaxamento vascular induzido por acetilcolina, a adição de MMP-2 não teve efeitos em relação ao veículo (P>0,05). Os nossos resultados nos permitem concluir que o aumento intraluminal de MMP-2 na aorta torácica é prejudicial levando ao aumento da atividade gelatinolítica, a formação de espécies reativas de oxigênio no músculo liso vascular e aumenta a contração vascular induzida pela fenilefrina em anéis sem endotélio
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 07.12.2011

  • Como citar
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      PRADO, Alejandro Ferraz do; GERLACH, Raquel Fernanda. Efeitos funcionais da metaloproteinase da matriz 2 (MMP-2) em aorta de coelhos New Zealand in vitro. 2011.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2011.
    • APA

      Prado, A. F. do, & Gerlach, R. F. (2011). Efeitos funcionais da metaloproteinase da matriz 2 (MMP-2) em aorta de coelhos New Zealand in vitro. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Prado AF do, Gerlach RF. Efeitos funcionais da metaloproteinase da matriz 2 (MMP-2) em aorta de coelhos New Zealand in vitro. 2011 ;
    • Vancouver

      Prado AF do, Gerlach RF. Efeitos funcionais da metaloproteinase da matriz 2 (MMP-2) em aorta de coelhos New Zealand in vitro. 2011 ;


Biblioteca Digital de Produção Intelectual da Universidade de São Paulo     2012 - 2020