Exportar registro bibliográfico

Avaliação longitudinal dos parâmetros dopplervelocimétricos materno-fetais e do nitrito plasmático materno ao longo da gestação (2011)

  • Autores:
  • Autor USP: JORGE NETO, SALIM DEMETRIO - FMRP
  • Unidade: FMRP
  • Sigla do Departamento: RGE
  • Assuntos: GRAVIDEZ; BIOMARCADORES (AVALIAÇÃO); ULTRASSONOGRAFIA DOPPLER
  • Idioma: Português
  • Resumo: O principal regulador do tônus vascular é o óxido nitrico (NO). No endotélio, este gás é sintetizado pela óxido nítrico-sintase endotelial (eNOS) através da conversão do aminoácido L-arginina e oxigênio em L-citrulina e NO, promovendo relaxamento muscular e vasodilatação.Uma maneira de se avaliar a atividade da eNOS se da pela análise dos produtos de degradação relacionados à via do NO pois o mesmo possui curta meia-vida e suas pequenas concentrações dificultam a avaliação quantitativa da sua produção in vivo nos tecidos. Sendo assim, a análise das concentrações plasmáticas dos principais produtos da oxidação do NO (nitritos e nitratos) é mais comumente utilizada. Neste sentido, o estudo proposto pretende a avaliar um biomarcador (nitrito plasmatico) mais apropriado para análise da atividade da eNOS ao longo da gravidez. Além disso, como o NO atua promovendo o relaxamento dos vasos, avaliamos o fluxo útero-placentário, utilizando avaliação dopplervelocimétrica de vasos maternos (artérias uterinas) e fetais (artérias cerebral média e umbilical). Os parâmetros dopplervelocimétricos avaliados foram o pico de velocidade sistólica (PVS), o pico de velocidade diastólica (PVD), a relação sístole sobre diástole (S/D) , o índice de pulsatilidade (I P) e o índice de resistência (I R). Foram selecionadas 33 gestantes saudáveis avaliadas no primeiro (11-14 semanas), segundo (20-24 semanas) e no terceiro trimestre (34-36 semanas) da gravidez. Em cada visita médica agendada, foi realizada avaliação dopplervelocimétrica de vasos maternos e fetais, e coleta de sangue venoso (15 mL) materno para dosagem do nitrito plasmático, utilizando técnica de quimiluminescência.Observamos queda dos índices dopplervelocimétricos das artérias uterinas ao longo da gestação. Para os parâmetros dopplervelocimétricos fetais,observamos valores estáveis para os índices da artéria cerebral média e quedados índices da artéria umbilical do segundo para o terceiro trimestre da gestação. As concentrações de nitrito plasmático se mantiveram estáveis ao longo da gestação
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 05.08.2011

  • Como citar
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      JORGE NETO, Salim Demetrio; CAVALLI, Ricardo de Carvalho. Avaliação longitudinal dos parâmetros dopplervelocimétricos materno-fetais e do nitrito plasmático materno ao longo da gestação. 2011.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2011.
    • APA

      Jorge Neto, S. D., & Cavalli, R. de C. (2011). Avaliação longitudinal dos parâmetros dopplervelocimétricos materno-fetais e do nitrito plasmático materno ao longo da gestação. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Jorge Neto SD, Cavalli R de C. Avaliação longitudinal dos parâmetros dopplervelocimétricos materno-fetais e do nitrito plasmático materno ao longo da gestação. 2011 ;
    • Vancouver

      Jorge Neto SD, Cavalli R de C. Avaliação longitudinal dos parâmetros dopplervelocimétricos materno-fetais e do nitrito plasmático materno ao longo da gestação. 2011 ;


Biblioteca Digital de Produção Intelectual da Universidade de São Paulo     2012 - 2021