Exportar registro bibliográfico

Resistência à corrosão de amálgamas e de ligas à base de gálio, sem e com adesivos, através do método de perda de peso e análise da rugosidade de superfície (2002)

  • Autores:
  • Autor USP: ABREU, PAULO HUMAITÁ DE - FOB
  • Unidade: FOB
  • Sigla do Departamento: BAD
  • Assuntos: AMÁLGAMA DENTÁRIO; RUGOSIDADE SUPERFICIAL; CORROSÃO DOS MATERIAIS; GÁLIO (QUÍMICA)
  • Idioma: Português
  • Resumo: Avaliou-se a resistência à corrosão pelos testes de perda de peso em imersão alternada (solução-ar) e as conseqüentes alterações produzidas nas superfícies dos três materiais restauradores (os amálgamas Dispersalloy e Tytin Plus, ambos de alto conteúdo de cobre, respectivamente do tipo fase dispersa e do tipo partícula única, assim como a liga à base de gálio Galloy), não ou associados a dois sistemas adesivos (All-Bond 2 e PAAMA-2), observadas através da medição da rugosidade de superfície. Confeccionou-se dez corpos-de-prova, para cada condição específica, a partir de uma matriz metálica de aço inoxidável contendo cinco cavidades cilíndricas, com 10,7 mm de diâmetro por 3,0 mm de altura cada uma. Após o polimento, como é feito no caso de análises metalográficas, os espécimes foram pesados e levados ao rugosímetro para realizar as medições imediatamente. Estes foram submetidos à imersão alternada, na solução de sulfeto de sódio a 5 %, por um período de 24 horas e novamente foi realizada a pesagem e obtidos os valores de perda de peso. Depois da pesagem, os corpos-de-prova foram levados novamente ao rugosímetro para obtenção dos valores médios de rugosidade de superfície. Os resultados foram registrados e submetidos à análise de variância, a dois critérios, e ao teste de contrastes de Tukey-Kramer. Dos resultados obtidos, conclui-se que todos os espécimes perderam peso e tiveram sua rugosidade de superfície aumentada após a imersão em solução corrosiva; a liga Galloy mostrou valores maiores, tanto no método de perda de peso como no de rugosidade de superfície, quando comparada aos dois amálgamas; a liga Tytin Plus alcançou os melhores resultados; houve diferença estatisticamente significante entre os materiais restauradores, mas não entre os sistemas adesivos utilizados, mostrando comportamentos diferentes dependendo da combinação
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 10.05.2002
  • Acesso à fonte
    Como citar
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ABREU, Paulo Humaitá; MONDELLI, José. Resistência à corrosão de amálgamas e de ligas à base de gálio, sem e com adesivos, através do método de perda de peso e análise da rugosidade de superfície. 2002.Universidade de São Paulo, Bauru, 2002. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25131/tde-23082011-093619/publico/PauloHumaitadeAbreu.pdf >.
    • APA

      Abreu, P. H., & Mondelli, J. (2002). Resistência à corrosão de amálgamas e de ligas à base de gálio, sem e com adesivos, através do método de perda de peso e análise da rugosidade de superfície. Universidade de São Paulo, Bauru. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25131/tde-23082011-093619/publico/PauloHumaitadeAbreu.pdf
    • NLM

      Abreu PH, Mondelli J. Resistência à corrosão de amálgamas e de ligas à base de gálio, sem e com adesivos, através do método de perda de peso e análise da rugosidade de superfície [Internet]. 2002 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25131/tde-23082011-093619/publico/PauloHumaitadeAbreu.pdf
    • Vancouver

      Abreu PH, Mondelli J. Resistência à corrosão de amálgamas e de ligas à base de gálio, sem e com adesivos, através do método de perda de peso e análise da rugosidade de superfície [Internet]. 2002 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25131/tde-23082011-093619/publico/PauloHumaitadeAbreu.pdf


Biblioteca Digital de Produção Intelectual da Universidade de São Paulo     2012 - 2020