Exportar registro bibliográfico

Readmissão por infecção de sítio cirúrgico em um hospital público de Belo Horizonte (MG) (2011)

  • Autores:
  • Autor USP: TORRES, LILIAN MACHADO - EE
  • Unidade: EE
  • Sigla do Departamento: ENC
  • Assuntos: INFECÇÃO HOSPITALAR; FERIDA CIRÚRGICA; PACIENTES INTERNADOS
  • Idioma: Português
  • Resumo: A crescente preocupação sobre as infecções relacionadas à assistência à saúde levou a Organização Mundial da Saúde a promover a criação da Aliança Mundial para a Segurança do Paciente, enfatizando ações básicas de controle de infecções. A redução de sua incidência implica em proteção para o paciente, profissionais e instituições, favorecendo a prestação da assistência livre de riscos. Dentre as mais frequentes, a infecção do sítio cirúrgico deve ser compreendida como elemento qualificador do cuidado e, os dados relacionados, o ponto de partida para as ações preventivas e de controle. Os hospitais têm dificuldades para realizar a vigilância epidemiológica pós-alta, tarefa complexa haja vista a tendência de redução do tempo de internação. Conhecer dados sobre a readmissão contribui para melhorar os dados de vigilância pós-alta. Foi realizado um estudo exploratório com o objetivo de descrever a epidemiologia das readmissões por infecções de sítio cirúrgico em pacientes em um hospital público de Belo Horizonte (MG). Foram avaliados 98 registros médicos e da Comissão de Controle de Infecção Hospitalar referentes aos indivíduos readmitidos por este motivo entre janeiro/2008 e dezembro/2009. Os resultados demonstraram que um quarto dos pacientes que desenvolveu infecção do sítio cirúrgico na instituição necessitou de nova internação. A idade média dos indivíduos foi de 57,2 anos; mais da metade apresentava diabetes mellitus, e um terço, hipertensão arterial sistêmica; no entanto, o risco anestésico para a maioria foi classificado como baixo. As infecções ocorreram com maior frequência em cirurgias limpas e potencialmente contaminadas, e as especialidades com maior número de pacientes readmitidos foram ortopedia, com mais da metade dos procedimentos relacionados à correção de fraturas, e cirurgia geral, na qual as hernioplastias/rafias ecolecistectomias predominaram. Metade dos indivíduos recebeu biomaterial em suas intervenções. Os tempos cirúrgicos e de internação não diferiram dos estudos encontrados na literatura. Praticamente todos os pacientes utilizaram antibioticoprofilaxia, segundo protocolo da instituição. Os primeiros sinais e sintomas surgiram, em média, após 33,2 dias, e metade dos infectados teve o diagnóstico nos primeiros 30 dias de pós-operatório. A classificação das infecções mostrou que metade dos pacientes apresentou infecção de órgãos e cavidades e, para 60% deles, foram necessárias novas intervenções cirúrgicas, além do tratamento antimicrobiano. O micro-organismo predominante nas infecções ortopédicas foi Staphylococcus aureus e nas infecções da cirurgia geral Escherichia coli, ambos com perfil de resistência abaixo daqueles encontrados na literatura. O estudo permite concluir que a vigilância pós-alta e o monitoramento das taxas de readmissão contribuem para o redimensionamento do problema e definição de ações pontuais para seu controle
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 19.05.2011
  • Acesso à fonte
    Como citar
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      TORRES, Lilian Machado; TURRINI, Ruth Natalia Teresa. Readmissão por infecção de sítio cirúrgico em um hospital público de Belo Horizonte (MG). 2011.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2011. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7139/tde-22072011-114317/ >.
    • APA

      Torres, L. M., & Turrini, R. N. T. (2011). Readmissão por infecção de sítio cirúrgico em um hospital público de Belo Horizonte (MG). Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7139/tde-22072011-114317/
    • NLM

      Torres LM, Turrini RNT. Readmissão por infecção de sítio cirúrgico em um hospital público de Belo Horizonte (MG) [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7139/tde-22072011-114317/
    • Vancouver

      Torres LM, Turrini RNT. Readmissão por infecção de sítio cirúrgico em um hospital público de Belo Horizonte (MG) [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7139/tde-22072011-114317/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Biblioteca Digital de Produção Intelectual da Universidade de São Paulo     2012 - 2021