Exportar registro bibliográfico

Modelo de cômputo e valoração de potenciais completos de recursos energéticos para o planejamento integrado de recursos (2010)

  • Authors:
  • Autor USP: BAITELO, RICARDO LACERDA - EP
  • Unidade: EP
  • Sigla do Departamento: PEA
  • Assunto: RECURSOS ENERGÉTICOS (PLANEJAMENTO)
  • Language: Português
  • Abstract: Esta tese apresenta a metodologia de criação de algoritmos de cômputo e valoração de potenciais completos de recursos energéticos no âmbito do Planejamento Integrado de Recursos. A etapa de cômputo e valoração de potenciais é de suma importância no processo de planejamento energético e sua metodologia consiste na organização de atributos ou fatores relativos às dimensões de análise do PIR e na valoração de seus potenciais. Para tanto são confeccionados algoritmos para a conversão do conteúdo qualitativo ou relativo de cada atributo em valores absolutos ou em diagnósticos quantitativos - em casos de impossibilidade de valoração quantitativa dos mesmos. O Planejamento Integrado de Recursos Energéticos é, por natureza, uma metodologia de análise de aproveitamento e implementação de recursos energéticos com base em seus potenciais holísticos, de acordo com variáveis espaciais e temporárias. Para tanto, a metodologia PIR parte de um conjunto de recursos energéticos disponíveis e aponta dentre estes quais devem ser preferencialmente aproveitados em um dado cenário, de modo a orientar a busca pela satisfação das necessidades dos diversos atores localmente envolvidos, seja por uma implementação regulamentada, seja por direcionamentos preferíveis para investimentos e políticas. O PIR diferencia-se do planejamento energético tradicional no tratamento aos recursos do lado da demanda como alternativas factíveis de atendimento à demanda energética – ao lado das opções do lado da oferta-, e à ponderação equilibrada da análise destes recursos sob óticas sociais, ambientais e políticas, ao lado de parâmetros técnicos e econômicos.Esta análise holística insere em cada dimensão os diversos aspectos dos impactos associados a cada recurso energético, ou seja, busca contabilizar tanto os custos internos e tangíveis de empreendimentos energéticos, quanto custos externos marginalizados de análises técnico-economicas. A metodologia de cômputo e valoração de recursos energéticos é validada em Estudo de Caso baseado em informações gerais colhidas na Região Administrativa de Araçatuba. Essas informações são processadas pelos algoritmos de valoração e resultam em potenciais completos, a serem trabalhados nas etapas consecutivas do planejamento.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 15.12.2010
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BAITELO, Ricardo Lacerda; GALVÃO, Luiz Cláudio Ribeiro. Modelo de cômputo e valoração de potenciais completos de recursos energéticos para o planejamento integrado de recursos. 2010.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2010. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3143/tde-01032011-142528/?&lang=pt-br >.
    • APA

      Baitelo, R. L., & Galvão, L. C. R. (2010). Modelo de cômputo e valoração de potenciais completos de recursos energéticos para o planejamento integrado de recursos. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3143/tde-01032011-142528/?&lang=pt-br
    • NLM

      Baitelo RL, Galvão LCR. Modelo de cômputo e valoração de potenciais completos de recursos energéticos para o planejamento integrado de recursos [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3143/tde-01032011-142528/?&lang=pt-br
    • Vancouver

      Baitelo RL, Galvão LCR. Modelo de cômputo e valoração de potenciais completos de recursos energéticos para o planejamento integrado de recursos [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3143/tde-01032011-142528/?&lang=pt-br

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020