Exportar registro bibliográfico

A modernização do Vale do Jequitinhonha mineiro e o processo de formação do trabalhador "bóia-fria" em suas condições regionais de mobilização do trabalho  (2010)

  • Autores:
  • Autor USP: LEITE, ANA CAROLINA GONÇALVES - FFLCH
  • Unidade: FFLCH
  • Sigla do Departamento: FLG
  • Assuntos: TRABALHADOR RURAL VOLANTE; MOBILIDADE NO TRABALHO; REGIONALIZAÇÃO (ASPECTOS POLÍTICO-SOCIOECONÔMICOS); JEQUITINHONHA (MG) (ASPECTOS SOCIAIS;DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO)
  • Idioma: Português
  • Resumo: Nessa dissertação, procuramos discutir o processo de territorialização do que veio a ser instituído em Minas Gerais, a partir da década de 1960, como o Vale do Jequitinhonha. Abordamos esse processo de territorialização em seus contornos coloniais, uma vez que seu sentido conformou as relações sociais de produção particulares que passaram a viabilizar a acumulação de capital com a generalização do trabalho livre. Nesse contexto, instaurou-se no nordeste mineiro uma dinâmica regional de expansão da fazenda agropecuária, fundada na relação de agregação de lavradores, na qual o controle territorial, por meio da possibilidade do emprego direto da violência, condicionou a subordinação do trabalho. Essas relações sociais de produção regionais, por sua vez, passaram a ser objeto da intervenção estatal a partir das décadas de 1960 e 1970. Abordamos essa intervenção como parte do processo de modernização retardatária, movido nacionalmente como esforço de industrialização e de superação de formas de acumulação tidas como arcaicas. Modernização que, por meio da imposição de uma forma determinada de desenvolvimento, fundada na consolidação da propriedade da terra e na formação do trabalhador assalariado, deveria alimentar a indústria em formação no centro-sul do país. Por fim, partimos do processo de expropriação dos antigos lavradores do Vale do Jequitinhonha para observar a transformação dos mesmos em trabalhadores bóias-frias, em condições definidas pelos limites da modernização, queexplicita seu caráter crítico
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 27.09.2010
  • Acesso à fonte
    Como citar
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      LEITE, Ana Carolina Gonçalves; HEIDEMANN, Heinz Dieter. A modernização do Vale do Jequitinhonha mineiro e o processo de formação do trabalhador "bóia-fria" em suas condições regionais de mobilização do trabalho . 2010.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2010. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8136/tde-26102010-145338/ >.
    • APA

      Leite, A. C. G., & Heidemann, H. D. (2010). A modernização do Vale do Jequitinhonha mineiro e o processo de formação do trabalhador "bóia-fria" em suas condições regionais de mobilização do trabalho . Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8136/tde-26102010-145338/
    • NLM

      Leite ACG, Heidemann HD. A modernização do Vale do Jequitinhonha mineiro e o processo de formação do trabalhador "bóia-fria" em suas condições regionais de mobilização do trabalho  [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8136/tde-26102010-145338/
    • Vancouver

      Leite ACG, Heidemann HD. A modernização do Vale do Jequitinhonha mineiro e o processo de formação do trabalhador "bóia-fria" em suas condições regionais de mobilização do trabalho  [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8136/tde-26102010-145338/


Biblioteca Digital de Produção Intelectual da Universidade de São Paulo     2012 - 2021