Exportar registro bibliográfico

Mulheres docentes de enfermagem de uma universidade pública: a percepção a respeito da corporeidade em sua atuação profissional (2009)

  • Autores:
  • Autor USP: LOPES, DOLORES FERREIRA DE MELO - EE
  • Unidade: EE
  • Sigla do Departamento: ENP
  • Assuntos: ENFERMAGEM (EDUCAÇÃO); PESQUISA QUALITATIVA; FENOMENOLOGIA
  • Idioma: Português
  • Resumo: Por meio do corpo e da corporeidade, podem ser feitas escolhas e interagir com os outros, de maneira verdadeira e autêntica, além de intervir nos fatos relacionados à natureza e aos fenômenos humanos, mudar, criar, compartilhar, ensinar, transformar e ser transformado. Este estudo buscou compreender como a mulher docente de enfermagem percebe seu corpo em sua atuação docente. A pesquisa qualitativa foi usada com a abordagem fenomenológica. Participaram da investigação dez mulheres docentes de enfermagem de uma universidade pública. Seus depoimentos foram coletados por meio de entrevistas com as seguintes questões norteadoras: Como você se vê como mulher e docente de enfermagem? Que significados você atribui ao seu corpo, sendo mulher e docente de enfermagem? Como você utiliza o seu corpo no ensino da enfermagem?Como você percebe a postura corporal dos alunos de enfermagem? O que você observa neles que considera serem respostas às suas posturas corporais?Os discursos foram analisados e interpretados à luz do referencial teórico-filosófico de Maurice Merleau-Ponty, originando-se três temas: Corporeidade: expressão da vivência, Corporeidade o ser mulher, Corporeidade e a docência de enfermagem. Os resultados do estudo permitiram compreender que a mulher, docente de enfermagem, utiliza-se de seu corpo e corporeidade em sua prática pedagógica, tendo intencionalidades e ações que demonstram a consciência do corpo, além dos aspectos meramente biológicos. Atribuem aocorpo-corporeidade significados importantes que podem contribuir na existência do ser mulher docente de enfermagem e, certamente, repercutir na prática e no conhecimento em enfermagem
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 22.12.2009
  • Acesso à fonte
    Como citar
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      LOPES, Dolores Ferreira de Melo; MERIGHI, Miriam Aparecida Barbosa. Mulheres docentes de enfermagem de uma universidade pública: a percepção a respeito da corporeidade em sua atuação profissional. 2009.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2009. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7141/tde-11012010-124224/ >.
    • APA

      Lopes, D. F. de M., & Merighi, M. A. B. (2009). Mulheres docentes de enfermagem de uma universidade pública: a percepção a respeito da corporeidade em sua atuação profissional. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7141/tde-11012010-124224/
    • NLM

      Lopes DF de M, Merighi MAB. Mulheres docentes de enfermagem de uma universidade pública: a percepção a respeito da corporeidade em sua atuação profissional [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7141/tde-11012010-124224/
    • Vancouver

      Lopes DF de M, Merighi MAB. Mulheres docentes de enfermagem de uma universidade pública: a percepção a respeito da corporeidade em sua atuação profissional [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7141/tde-11012010-124224/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Biblioteca Digital de Produção Intelectual da Universidade de São Paulo     2012 - 2021