Exportar registro bibliográfico

Papel do sistema nervoso simpático no processo proteolítico lisossonal em coração de ratos normais e diabéticos (2009)

  • Autores:
  • Autor USP: GOMES, SÍLVIA DE PAULA - FMRP
  • Unidade: FMRP
  • Sigla do Departamento: RBI
  • Assuntos: CORAÇÃO; CATECOLAMINAS; METABOLISMO DE PROTEÍNA; DIABETES MELLITUS
  • Idioma: Português
  • Resumo: Estudos anteriores de nosso laboratório demonstraram que o sistema nervoso simpático (SNS) exerce um efeito anabólico no metabolismo protéico muscular esquelético, inibindo a proteólise e estimulando a síntese de proteínas. No entanto, o papel do SNS no controle do metabolismo protéico no tecido cardíaco tem sido pouco estudado. Assim, o objetivo deste trabalho foi avaliar os efeitos do SNS na degradação de proteínas no músculo cardíaco de ratos normais e diabéticos. Para isso foram utilizados 2 modelos experimentais: o tratamento com agonista seletivo de receptores 'beta IND. 2'-adrenérgicos (clembuterol) e o da simpatectomia química induzida pela administração com guanetidina. Os resultados obtidos mostraram que o tratamento com clembuterol em ratos normais induziu um aumento da massa muscular cardíaca com concomitante queda no conteúdo protéico das catepsinas B e L (26% e 39%, respectivamente) e da proteína autofágica GABARAP (13%). Já nos animais submetidos à simpatectomia química, além da diminuição da concentração de noradrenalina e da massa muscular cardíaca, foi observado aumento do conteúdo protéico das catepsinas B e L (70% e 24%, respectivamente) e das proteínas autofágicas GABARAP (4 vezes) e LC3 II (19%). Esses resultados sugerem que as catecolaminas controlam o processo proteolítico lisossomal em coração de ratos normais, sendo responsáveis, pelo menos em parte, pela manutenção da massa muscular cardíaca. Em animais com diabetes induzidopor estreptozotocina ocorreu atrofia cardíaca, um discreto aumento na concentração de noradrenalina (33%) e concomitante aumento do conteúdo protéico das catepsinas B e L (62% e 80%, respectivamente) e da proteína autofágica LC3 II (40%), sugerindo que a via lisossomal seja também regulada pela insulina no coração. O tratamento de ratos diabéticos com o agonista 'beta IND. 2'-adrenérgico não foi capaz de diminuir a expressão das catepsinas e GABARAP. A simpatectomia do animal diabético promoveu aumento adicional no conteúdo protéico das catepsinas B e L (24% e 26%, respectivamente) e aumento no conteúdo da GABARAP (4 vezes), indicando que na falta da insulina e da catecolamina ocorre um aumento adicional na expressão dessas proteases lisossomais e da proteína autofágica. Os resultados obtidos mostram claramente a participação da via de sinalização da PI3K/AKT nas alterações de massa do coração. Durante a atrofia cardíaca causada ou pela simpatectomia ou pelo diabetes, foram constatadas reduções na fosforilação da proteína quinase AKT e do fator de transcrição FoxO em coração de ratos, havendo uma redução ainda mais marcante no coração de animais diabéticos e simpatectomizados. Por outro lado, na hipertrofia causada pela estimulação adrenérgica, foi observado aumento na fosforilação de AKT e FoxO. Os dados obtidos neste trabalho sugerem que o SNS está envolvido no controle do processo proteolítico lisossomal no coração, modulando a massamuscular cardíaca por meio de alterações nos componentes deste sistema e na sinalização intracelular da via AKT/FoxO, independentemente da insulina
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 30.04.2009

  • Como citar
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      GOMES, Sílvia de Paula; KETTELHUT, Isis do Carmo. Papel do sistema nervoso simpático no processo proteolítico lisossonal em coração de ratos normais e diabéticos. 2009.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2009.
    • APA

      Gomes, S. de P., & Kettelhut, I. do C. (2009). Papel do sistema nervoso simpático no processo proteolítico lisossonal em coração de ratos normais e diabéticos. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Gomes S de P, Kettelhut I do C. Papel do sistema nervoso simpático no processo proteolítico lisossonal em coração de ratos normais e diabéticos. 2009 ;
    • Vancouver

      Gomes S de P, Kettelhut I do C. Papel do sistema nervoso simpático no processo proteolítico lisossonal em coração de ratos normais e diabéticos. 2009 ;


Biblioteca Digital de Produção Intelectual da Universidade de São Paulo     2012 - 2021