Exportar registro bibliográfico

Elementos finitos híbridos e híbrido-mistos de tensão com enriquecimento nodal (2009)

  • Autores:
  • Autor USP: GÓIS, WESLEY - EESC
  • Unidade: EESC
  • Sigla do Departamento: SET
  • Assunto: MÉTODO DOS ELEMENTOS FINITOS
  • Idioma: Português
  • Resumo: Neste trabalho, a técnica de enriquecimento da partição da unidade é estendida e adaptada para duas formulações não-convencionais para a elasticidade plana: a formulação híbrida de tensão (FHT) e a formulação híbrido-mista de tensão (FHMT). Estas formulações são ditas não-convencionais, pois não recorrem a princípios variacionais clássicos. Elementos finitos triangulares e quadrilaterais com enriquecimento nodal são desenvolvidos para avaliação da forma discreta das duas formulações estudadas. Na FHMT, três campos são aproximados de forma independente: tensões e deslocamentos no domínio e deslocamentos no contorno. O conceito de partição da unidade é então utilizado para garantir continuidade de cada um dos campos envolvidos na FHMT e realizar o procedimento de enriquecimento nodal. Funções polinomiais são utilizadas para enriquecer cada uma das aproximações dos campos da FHMT. A sensibilidade das respostas em relação a redes distorcidas é avaliada. Além disso, abordam-se aspectos relativos à convergência e estabilidade da solução numérica. Especificamente para a FHT, dois campos são independentemente aproximados: tensões no domínio e deslocamentos na fronteira estática. As aproximações das tensões, que por definição não estão atreladas a nós, devem primeiramente satisfazer a condição de equilíbrio no domínio. O conceito de partição da unidade é empregado, neste caso, para dar continuidade aos deslocamentos entre as fronteiras dos elementos. O enriquecimentopolinomial da partição de unidade é então aplicado às aproximações dos deslocamentos no contorno. Para o campo de tensões no domínio, desenvolve-se uma técnica específica de enriquecimento nodal. Mais uma vez, aspectos relativos à sensibilidade à distorção de redes e convergência são estudados e avaliados. Finalmente, alguns exemplos numéricos são apresentados para ilustrar o desempenho de ambas as abordagens, especialmente quando a técnica de ) enriquecimento é aplicada
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 14.05.2009
  • Acesso à fonte
    Como citar
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      GÓIS, Wesley; PROENÇA, Sergio Persival Baroncini. Elementos finitos híbridos e híbrido-mistos de tensão com enriquecimento nodal. 2009.Universidade de São Paulo, São Carlos, 2009. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18134/tde-15062009-092448/ >.
    • APA

      Góis, W., & Proença, S. P. B. (2009). Elementos finitos híbridos e híbrido-mistos de tensão com enriquecimento nodal. Universidade de São Paulo, São Carlos. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18134/tde-15062009-092448/
    • NLM

      Góis W, Proença SPB. Elementos finitos híbridos e híbrido-mistos de tensão com enriquecimento nodal [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18134/tde-15062009-092448/
    • Vancouver

      Góis W, Proença SPB. Elementos finitos híbridos e híbrido-mistos de tensão com enriquecimento nodal [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18134/tde-15062009-092448/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Biblioteca Digital de Produção Intelectual da Universidade de São Paulo     2012 - 2021