Exportar registro bibliográfico

Influência da qualidade da finalização ortodôntica na estabilidade do tratamento da má oclusão de Classe II (2008)

  • Autores:
  • Autor USP: CASTRO, RENATA CRISTINA FARIA RIBEIRO DE - FOB
  • Unidade: FOB
  • Sigla do Departamento: BAO
  • Assuntos: MALOCLUSÃO DE ANGLE CLASSE II; ESTABILIDADE; RECIDIVA; ORTODONTIA CORRETIVA
  • Idioma: Português
  • Resumo: utilizaram-se a análise de variância a um critério e o teste não paramétrico do Qui-quadrado. Os grupos apresentaram-se semelhantes quanto ao gênero, idades (fases T1, T2 e T3), tempo de tratamento, percentual de redução do PAR, eficiência do tratamento e no tempo pós-tratamento. A única variável oclusal responsável pela ausência de uma finalização ortodôntica de excelência (PAR T2 = 0) e pela recidiva evidenciada na fase pós-tratamento, foi a oclusão )posterior. Ao separar a amostra em grupos bem finalizado (50 pacientes com o PAR T2 = 5) e mal finalizado (28 pacientes com PAR T2 > 5) em relação às alterações ocorridas no período pós-tratamento (PAR T3 - T2 e Little T3 T2), verificou-se por meio do teste t independente, que ambos os grupos foram estatisticamente semelhantes em relação à recidiva; no entanto, uma boa finalização ortodôntica proporcionou melhores resultados oclusais e funcionais, nas fases T2 e T3. A recidiva do apinhamento ântero-inferior (Little T3 T2) não correlacionou-se com as alterações oclusais ocorridas no período pós-tratamento (PAR T3-T2)O objetivo deste estudo retrospectivo foi buscar variáveis oclusais relacionadas com o prognóstico da estabilidade da correção da má oclusão de Classe II, tratada sem e com extrações. Para tanto, foram selecionados 78 registros de documentações, pertencentes ao arquivo da disciplina de Ortodontia da Faculdade de Odontologia de Bauru, com má oclusão inicial de Classe II completa bilateral, divisão 1, tratada pela mecânica Edgewise e acompanhada por um período médio de 10 anos póstratamento. Essa amostra foi dividida em três grupos, de acordo com o protocolo de tratamento: Grupo 1: constituído por 25 pacientes, com idade inicial média de 12,74 anos, tratados sem extrações, por um período médio de 2,41 anos; Grupo 2: contendo 25 pacientes, com idade inicial média de 13,42 anos, tratados com extrações dos primeiros pré-molares superiores, por um período médio de 2,10 anos; Grupo 3: composto por 28 pacientes, com idade inicial média de 12,98 anos, tratados com extrações dos primeiros pré-molares superiores e primeiros ou segundos pré-molares inferiores, por um período médio de 2,10 anos. As avaliações oclusais foram realizadas em modelos de gesso dos pacientes, nas fases inicial (T1), final de tratamento (T2) e na fase pós-tratamento (T3), utilizando os índices PAR e de irregularidade de Little. O percentual de redução do índice PAR, durante o tratamento, foi de 72,58% para o grupo 1, 80,17% para o grupo 2 e 79,37% para o grupo 3. Para comparação intergrupos,
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 15.12.2008
  • Acesso à fonte
    Como citar
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CASTRO, Renata Cristina Faria Ribeiro de; FREITAS, Marcos Roberto de. Influência da qualidade da finalização ortodôntica na estabilidade do tratamento da má oclusão de Classe II. 2008.Universidade de São Paulo, Bauru, 2008. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25134/tde-16042009-110639/ >.
    • APA

      Castro, R. C. F. R. de, & Freitas, M. R. de. (2008). Influência da qualidade da finalização ortodôntica na estabilidade do tratamento da má oclusão de Classe II. Universidade de São Paulo, Bauru. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25134/tde-16042009-110639/
    • NLM

      Castro RCFR de, Freitas MR de. Influência da qualidade da finalização ortodôntica na estabilidade do tratamento da má oclusão de Classe II [Internet]. 2008 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25134/tde-16042009-110639/
    • Vancouver

      Castro RCFR de, Freitas MR de. Influência da qualidade da finalização ortodôntica na estabilidade do tratamento da má oclusão de Classe II [Internet]. 2008 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25134/tde-16042009-110639/


Biblioteca Digital de Produção Intelectual da Universidade de São Paulo     2012 - 2021