Exportar registro bibliográfico

Listeria monocytogenes em alimentos fatiados e equipamentos: ocorrência, formação de biofilme e controle (2006)

  • Autores:
  • Autor USP: RATTI, REGIANE PRISCILA - FCFRP
  • Unidade: FCFRP
  • Sigla do Departamento: 604
  • Assunto: MICROBIOLOGIA DE ALIMENTOS
  • Idioma: Português
  • Resumo: Listeria monocytogenes é o agente causal da listeriose, uma doença que pode atingir mulheres grávidas (e seus fetos), crianças, idosos e indivíduos com o sistema imunológico comprometido. A listeriose representa a maioria dos casos de morte decorrente de toxinfecções alimentares. Os alimentos são reconhecidos como fontes primárias da transmissão desta bactéria para o homem e L. monocytogenes já foi isolada de uma grande variedade de alimentos. Superfícies de equipamentos utilizados na produção de alimentos também podem estar contaminadas com este patógeno. Falhas em procedimentos de higienização podem deixar resíduos nos equipamentos de processamento de alimentos e L. monocytogenes pode se aderir a superfícies abióticas e iniciar sua multiplicação, dando origem a biofilmes. A interação com bactérias de outras espécies pode influenciar na forma formação de biofilmes por L. monocytogenes, constituindo um aspecto importante de estudo para auxiliar no controle da contaminação de alimentos por esta bactéria. Leuconostoc mesenteroides é uma bactéria lática normalmente encontrada em alimentos e algumas cepas podem interferir na multiplicação de L. monocytogenes pela produção de bacteriocinas com atividade antilisterial. Os biofilmes representam uma preocupação para indústria de alimentos, pois geralmente os microorganismos aderidos apresentam maior capacidade de resistir a tratamentos antimicrobianos. Neste trabalho, foram coletadas 30 amostras de presunto cozidofatiado, 30 de mussarela fatiada e 30 de superfícies de equipamentos de fatiar alimentos, em estabelecimentos do comércio varejista de Ribeirão Preto - SP. As amostras forma avaliadas quanto à presença ou ausência de L. monocytogenes e também foi estudada a capacidade dos isolados em formar biofilmes em cultura pura e em testes de co-cultura. O sanitizante ácido peracético e a bacteriocina nisina foram testados para controlar a formação de biofilme por ) L. monocytogenes. Os resultados obtidos mostram que os isolados de L. monocytogenes formaram biofilme em superfície de aço inoxidável quando cultivados isoladamente ou em testes de co-cultura com L.mesenteroides. O tratamento da lâmina com ácido peracético inativou todas as células presentes no biofilme. Nas condiçõesutilizadas, nisina não apresentou atividade contra L.monocytogenes em biofilmes
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 03.07.2006
  • Acesso à fonte
    Como citar
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      RATTI, Regiane Priscila. Listeria monocytogenes em alimentos fatiados e equipamentos: ocorrência, formação de biofilme e controle. 2006. Dissertação (Mestrado) – Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2006. Disponível em: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/60/60135/tde-01042009-112327/. Acesso em: 29 set. 2022.
    • APA

      Ratti, R. P. (2006). Listeria monocytogenes em alimentos fatiados e equipamentos: ocorrência, formação de biofilme e controle (Dissertação (Mestrado). Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/60/60135/tde-01042009-112327/
    • NLM

      Ratti RP. Listeria monocytogenes em alimentos fatiados e equipamentos: ocorrência, formação de biofilme e controle [Internet]. 2006 ;[citado 2022 set. 29 ] Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/60/60135/tde-01042009-112327/
    • Vancouver

      Ratti RP. Listeria monocytogenes em alimentos fatiados e equipamentos: ocorrência, formação de biofilme e controle [Internet]. 2006 ;[citado 2022 set. 29 ] Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/60/60135/tde-01042009-112327/


Biblioteca Digital de Produção Intelectual da Universidade de São Paulo     2012 - 2022