Exportar registro bibliográfico

Entre dois impérios: formação do Rio Grande na crise do antigo sistema colonial (1777-1822) (2006)

  • Autores:
  • Autor USP: MENZ, MAXIMILIANO MAC - FFLCH
  • Unidade: FFLCH
  • Sigla do Departamento: FLH
  • Assunto: HISTÓRIA DO BRASIL
  • Idioma: Português
  • Resumo: O trabalho estuda a formação do Rio Grande no contexto de crise do Antigo Sistema Colonial. A hipótese é que a incorporação econômica do extremo-sul no final do século XVIII - num contexto de crise - unificou os mercados coloniais, constituindo-se numa divisão imperial do trabalho, que encaminharia a descolonização. Neste sentido, a tese se desenvolve em torno de quatro capítulos.O 1º capítulo discute a geopolítica do extremo-sul da América Portuguesa no século XVIII, apontando para os principais problemas na expansão territorial. Afinal, era pela onipresença da concorrência intermetropolitana que o Estado português dimensionava o processo de colonização no extremo-sul e a sua relação com as populações das regiões fronteiriças do Império. A exposição destes problemas inicia pela geopolítica colonial, ainda nos quadros do Antigo Sistema Colonial, e se completa com a geopolítica do Império americano, pois com a vinda da família Real em 1808 se alterou profundamente o contexto político e a visão de Império que se possuía na Corte.O 2º capítulo analisa as formas pelas quais o extremo-sul foi sendo integrado economicamente ao Império português, iniciando por um estudo do comércio colonial no final do século XVIII, para, em seguida, discutir a própria "formação econômica" do Rio Grande Sul no interior de uma divisão imperial do trabalho; no final, introduz-se a questão do contrabando que necessariamente problematiza a relação entre sistema colonial e Império.O 3ºcapítulo passa a caracterizar o Rio Grande economicamente, de maneira que se pretende entender os modos como a economia regional respondia à conjuntura do final do século XVIII e às flutuações mais curtas do mercado atlântico. Além disto, o capítulo desdobra algumas questões levantadas no capítulo 2: a relação com os ritmos da agroexportação, o papel que o contrabando espanhol exercia no comércio local e a dinâmica das exportações rio-grandenses. )Finalmente, o 4º capítulo discute as políticas oficiais e os projetos de integração do Rio Grande Sul
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 30.03.2006
  • Acesso à fonte
    Como citar
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MENZ, Maximiliano Mac; GRESPAN, Jorge Luis da Silva. Entre dois impérios: formação do Rio Grande na crise do antigo sistema colonial (1777-1822). 2006.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2006. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8137/tde-11072007-110304/ >.
    • APA

      Menz, M. M., & Grespan, J. L. da S. (2006). Entre dois impérios: formação do Rio Grande na crise do antigo sistema colonial (1777-1822). Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8137/tde-11072007-110304/
    • NLM

      Menz MM, Grespan JL da S. Entre dois impérios: formação do Rio Grande na crise do antigo sistema colonial (1777-1822) [Internet]. 2006 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8137/tde-11072007-110304/
    • Vancouver

      Menz MM, Grespan JL da S. Entre dois impérios: formação do Rio Grande na crise do antigo sistema colonial (1777-1822) [Internet]. 2006 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8137/tde-11072007-110304/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Biblioteca Digital de Produção Intelectual da Universidade de São Paulo     2012 - 2020