Exportar registro bibliográfico

Avaliação das relações entra e interespecíficas no complexo Epidendrum secundum e espécies afins (Orchidaceae) através de AFLP (2005)

  • Autores:
  • Autor USP: PINHEIRO, FABIO - IB
  • Unidade: IB
  • Sigla do Departamento: BIB
  • Assuntos: ORCHIDACEAE; BOTÂNICA (CLASSIFICAÇÃO); MORFOMETRIA
  • Idioma: Português
  • Resumo: O esclarecimento de relações intra e interespecíficas entre espécies vegetais tem sido alcançadas com o emprego de técnicas baseadas na análise de fragmentos de DNA, já que o sequenciamento de nucleotídeos não tem oferecido resolução suficiente. Nesse sentido, AFLP é uma técnica bastante útil, pois pode ser aplicada em diversos tipos de organismos sem que se tenha um conhecimento prévio de seus genomas, possui etapas que restrigem o aparecimento de artifícios e produz grande quantidade de poliformismos. O objetivo deste trabalho foi avaliar a influêcia que análise manual dos eletroferogramas, a padronização de suas intensidades e a utilização de diversas combinações de iniciadores exercem em conjuntos de dados provenientes de grupos de espécies taxonomicamente próximas. Foram utilizadas nove espécies de Epidendrum (Orchidaceae) das subseções Carinata e Tuberculata, totalizando 87 indivíduos. Os resultados indicam que a análise manual dos eletroferogramas produz resultados compatíveis com a taxonomia e a distribuição geográfica das espécies envolvidas, melhorando sua interpretação, assim como a padronização das intensidades dos eletroferogramas. A utilização de mais de um par de iniciadores em conjunto produz resultados mais consistentes do que aqueles obtifod por pares de iniciadores em separado, mostrando a importância de se utilizar diversas combinações de iniciadores, principalmente em grupos de espécies próximas. Epidendrum é um dos mairoes gênerosde Orchidaceae e um dos mais variáveis, apresentando diversas dúvidas quanto ao seu posicionamento taxonômico e delimetação de suas espécies, principalmente nas subseções Carinata e Tuberculata, talvez os grupos mais variáveis e incertos do gênero. O objetivo deste trabalho foi avaliar as relações intra e interespecíficas em espécies integrantes da subseção Carinata e de diversas populações do complexo E. secundum, pertencentes à subseção Tuberculata, utilizando a técnica de AFLP. Os resultados foram analisados utilizando métodos de análise multivariada de agrupamento (UPGMA e Ward). Os resultados indicam que a existência de duas subseções distintas, Carinata e Tuberculata, não é consistente, pois não se repeta nas análises realizadas. Indivíduos do complexo E. secundum procedentes da Cadeia dos Andes e Planalto das Guianas exibem uma tendência de diferenciação em relação às populações procedentes do Planalto Central Brasileiro. Espécimes com flores lilases, vermelhas, laranja e brancas formam agrupamento mistos, sem uma relação com sua procedência ou caracteres morfológicos sendo, portanto, tratadas como pertencentes a uma única espécie, E. secumdum. Indivíduos de flores amarelas formam agrupamentos distintos em todas as análises realizadas. exibindo uma clara descontinuidade genética em relação a E. secundum, devendo ser identificadas como E. xanthinum. Epidendrum é um dos maiores gêneros de Orchidaceae e um dos mais variáveis,apresentando diversas dúvidas quanto ao seu posicionamento taxonômico e delimitação de suas espécies, principalmente nas subseções carinata e Tuberculata, talvez os grupos mais variáveis e incertos dentro do gênero. O objetivo deste trabalho foi realizar uma análise morfométrica das espécies integrantes da subseção Carinata e de diversas populações do complexo E. secundum, pertencente à subseção Tuberculata, utilizando técnicas de análise multivariada de agrupamento (UPGMA e Word) e ordenação (PCA e PCO). Na subseção Carinata foi encontrada uma clara descontinuidade morfológica entre as espécies analisadas, apesar da grande variação presente. Entre os indivífuos analisados na subseção Tuberculata, não foi possível identificar padrões de agrupamento que possam ser utilizados para delimitar espécies distintas. Foram encontradas apenas tendências de uma maior diferenciação entre indivíduos de flores amarelas e plantas procedentes de afloramentos rochosos. Com base nos caracteres utilizados, é possível reconhecer apenas um táxon neste complexo de espécies: E secundum. Epidendrum é um dos mairoes gêneros de Orchidaceae e um dos mais variáveis, Apresentando diversas dúvidas quanto ao seu posicionamento taxonômico e á delimitação de suas espécies, principalmente na subseção Tuberculata, um dos grupos de espécies mais variáveis do gênero, amplamente distribuídos pela América do Sul, e com delimitação taxonômica das espécies bastanteincerta. O objetivo deste trabalho foi realizar um estudo taxonômico do complexo E. secundum, com base em resultados obtidos através de análises morfométrica e de marcadores moleculares do tipo AFLP, incluindo na amostragem diversas populações que cobriram a distribuição geográfica do grupo e indivíduos que representratam a variação morfológica presente no grupo. Com os resultados obtidos, é possível reconhecer a existência de duas espécies: e. secundum, que ocorre na cadeia dos Andes, Planalto das Guianas, Pequenas Antilhas e Planalto Brasileiro, possuindo uma grande variação na forma e coloração das flores, que podem ser lilases, laranja, vermelhas e brancas, e E. xanthinum, que ocorre apenas no PlanaltoBrasileiro, em algumas montanhas da Serra dos Órgãos e Cadeia do Espinhaço, apresentando também uma grande vaiação na forma das flores, mas sempre apresentando-as com coloração amarela
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 30.11.2005

  • Como citar
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      PINHEIRO, Fábio; BARROS, Fábio de. Avaliação das relações entra e interespecíficas no complexo Epidendrum secundum e espécies afins (Orchidaceae) através de AFLP. 2005.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2005.
    • APA

      Pinheiro, F., & Barros, F. de. (2005). Avaliação das relações entra e interespecíficas no complexo Epidendrum secundum e espécies afins (Orchidaceae) através de AFLP. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Pinheiro F, Barros F de. Avaliação das relações entra e interespecíficas no complexo Epidendrum secundum e espécies afins (Orchidaceae) através de AFLP. 2005 ;
    • Vancouver

      Pinheiro F, Barros F de. Avaliação das relações entra e interespecíficas no complexo Epidendrum secundum e espécies afins (Orchidaceae) através de AFLP. 2005 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Biblioteca Digital de Produção Intelectual da Universidade de São Paulo     2012 - 2021