Exportar registro bibliográfico

Sartre e o pensamento mítico: revelação arquetípica da liberdade em as moscas (2006)

  • Autores:
  • Autor USP: SOARES, CAIO CARAMICO - FFLCH
  • Unidade: FFLCH
  • Sigla do Departamento: FLF
  • Assuntos: EXISTENCIALISMO; MITOS; ARQUÉTIPOS; TEATRO
  • Idioma: Português
  • Resumo: As Moscas (Les Mouches, 1943) representa o início da carreira de Jean-Paul Sartre como dramaturgo e o de seu "teatro de situações". Do mesmo ano de O Ser e o Nada - obra-prima do existencialismo sartriano-, a peça é uma versão existencialista da lenda grega de Orestes. Este é o filho do rei Agamêmnon - comandante das tropas gregas na Guerra de Tróia - que, com a irmã Electra, se vinga dos assassinos de seu pai, Egisto e a rainha Clitemnestra, esposa de Agamêmnon e mãe deles. O episódio foi revisitado pelos três grandes poetas da tragédia clássica, Ésquilo, Sófocles e Eurípides. Em As Moscas Sartre transforma a vingança de Orestes em metáfora para os temas da liberdade e da má-fé e para a crítica à idéia tradicional de "destino" como em voga, no governo autoritário de Vichy, durante a Ocupação nazista da França (1940-44). Esse governo, apoiado pela hierarquia da Igreja Católica francesa, difundia uma ideologia "religiosa" de culpa e resignação diante da derrota militar frente a Hitler. A peça de Sartre pode, assim, ser lida como apologia ao movimento da Resistência antifascista dos franceses. Neste trabalho realizamos avaliação dos significados do mito em As Moscas. Considerando mas também indo além de seu sentido mais imediato de alegoria política, procuramos, à luz do ensaio clássico de Mircea Eliade de O Mito do Eterno Retorno, esclarecer as bases de um possível diálogo implícito da peça com o "pensamento mítico" universal, diálogo o qual é constituído por ummovimento de crítica e de re-apropriação existencialista do valor "arquetípico" das narrativas míticas. O que se pretende mostrar é, sobretudo, que a peça de Sartre opera uma destruição e recriação do que Eliade chama de ontologia arcaica, ) estrutura de pensamento "mítica" porque calcada em arquétipos ou modelos transcendentes de significação e legitimação das ações e instituições humanas e do mundo em geral. A destruição se dá no contexto do ateísmo de Sartre e de sua crítica ao cristianismo; Sartre denuncia valores morais e religiosos ligados ao que chama de má-fé, tipo de conduta que, na situação específica de Vichy, trai a liberdade humana ao atrelar o poder e a história a certos arquétipos "celestiais" e deterministas. Por outro lado, a recriação se deve ao fato de As Moscas representar uma espécie de "mito fundador" da liberdade. Concluímos que, ao contrário do que seria de se esperar da perspectiva eliadiana, o existencialismo de As Moscas, anunciando a liberdade como horizonte fundamental da condição humana, não implica necessariamente o esvaziamento da possibilidade da experiência mítica, e sim sua renovação, já não como fuga - senão como revelação - da historicidade radical do homem
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 19.01.2006
  • Acesso à fonte
    Como citar
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SOARES, Caio Caramico; SILVA, Franklin Leopoldo e. Sartre e o pensamento mítico: revelação arquetípica da liberdade em as moscas. 2006.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2006. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8133/tde-08012008-100616/ >.
    • APA

      Soares, C. C., & Silva, F. L. e. (2006). Sartre e o pensamento mítico: revelação arquetípica da liberdade em as moscas. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8133/tde-08012008-100616/
    • NLM

      Soares CC, Silva FL e. Sartre e o pensamento mítico: revelação arquetípica da liberdade em as moscas [Internet]. 2006 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8133/tde-08012008-100616/
    • Vancouver

      Soares CC, Silva FL e. Sartre e o pensamento mítico: revelação arquetípica da liberdade em as moscas [Internet]. 2006 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8133/tde-08012008-100616/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Biblioteca Digital de Produção Intelectual da Universidade de São Paulo     2012 - 2021