Exportar registro bibliográfico

A negação de culto a Maria e a produção dos discursos feministas religiosos: uma prospecção subjetiva do tema da submissão cultural da mulher (2005)

  • Autores:
  • Autor USP: GOMEZ, MARIA LUISA TROVATO - IP
  • Unidade: IP
  • Sigla do Departamento: PST
  • Assuntos: GÊNERO (SUBSTANTIVO); RELIGIÃO; PESQUISA INTERDISCIPLINAR
  • Idioma: Português
  • Resumo: Este é um estudo de psicologia popular, sobre o tema da submissão cultural da mulher. Seu objetivo mais geral é explorar a dimensão onde a submissão de gênero determina psicologia da mulher. O campo de investigação é a Psicologia Social da Religião, que abriga o interesse da pesquisa por relacionar o culto religioso a Virgem Maria e a produção dos discursos feministas por mulheres cristãs. Para a base empírica, foram entrevistadas, individualmente, doze mulheres da Igreja Batista que esclareceram os significados das regras da negação de culto a Maria e da submissão da esposa ao marido, constituintes da sua doutrina religiosa. A hipótese inicial de que o culto a Maria é condição necessária, embora não suficiente, para que mulheres cristãs produzam discursos feministas foi conservada sem intuitos comprobatórios, e constituiu-se como enunciado narrativo ao redor do qual estão organizadas as referências e os procedimentos da pesquisa. Apresenta-se, de início, a motivação pessoal da pesquisadora e se declara a subjetividade como modo de aproximação aos dados. O primeiro capítulo explica a adesão do estudo à critica social feminista e recupera a importância do feminismo para o desenvolvimento da disciplina Psicologia. No segundo capítulo estão discutidos os limites da hipótese e as circunstâncias que a promovem como enunciado narrativo. No terceiro capítulo o símbolo cultural Maria é apresentado em seus traços culturais mais amplos e colocado sob a subjetividade dapesquisadora que o toma como símbolo feminista. 0 quarto capítulo traz a descrição detalhada da concepção e dos procedimentos empíricos e fundamenta a construção dos móbiles (estruturas criadas pelo estudo e compostas por três vozes distintas, a Esposa, Leiane, e a Pesquisadora). Jerome Bruner é explorado no quinto capítulo, onde o estudo se justifica como apresentação narrativa. O sexto capítulo traz os treze móbiles, precedidos pela descrição do seu contextos teóricos e participativos. No sétimo capítulo discutem-se os encaminhamentos pós-modernos da exploração
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 03.06.2005

  • Como citar
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      GOMEZ, Maria Luísa Trovato; PAIVA, Geraldo José de. A negação de culto a Maria e a produção dos discursos feministas religiosos: uma prospecção subjetiva do tema da submissão cultural da mulher. 2005.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2005.
    • APA

      Gomez, M. L. T., & Paiva, G. J. de. (2005). A negação de culto a Maria e a produção dos discursos feministas religiosos: uma prospecção subjetiva do tema da submissão cultural da mulher. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Gomez MLT, Paiva GJ de. A negação de culto a Maria e a produção dos discursos feministas religiosos: uma prospecção subjetiva do tema da submissão cultural da mulher. 2005 ;
    • Vancouver

      Gomez MLT, Paiva GJ de. A negação de culto a Maria e a produção dos discursos feministas religiosos: uma prospecção subjetiva do tema da submissão cultural da mulher. 2005 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Biblioteca Digital de Produção Intelectual da Universidade de São Paulo     2012 - 2021