Exportar registro bibliográfico

Fatores críticos na sustentabilidade das centrais de negócios do setor supermercadista (2005)

  • Autores:
  • Autor USP: GHISI, FLAVIA ANGELI - FEA
  • Unidade: FEA
  • Sigla do Departamento: EAD
  • Assuntos: SUPERMERCADOS; PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS; NEGÓCIOS; ESTRATÉGIA ORGANIZACIONAL
  • Idioma: Português
  • Resumo: Mesmo reconhecendo a importância das centrais de negócios no contexto brasileiro, pode-se dizer que existe pouco conhecimento sobre o assunto. Essa iniciativa ganhou força apenas nos últimos cinco anos no país e a maioria dos estudos encontrados na literatura, possuem caráter predominantemente exploratório. Nesse sentido, o presente trabalho buscou fomentar importantes discussões sobre as centrais de negócios de supermercadistas de pequeno e médio porte, ao analisar de forma crítica a sua formação, identificando os fatores que influenciam a sua sustentabilidade. A metodologia do estudo fundamenta-se em cinco etapas que se complementam. A primeira refere-se ao levantamento bibliográfico e pesquisa em dados secundários, cujo objetivo era ampliar o conhecimento teórico sobre as centrais de negócios. Em um segundo momento, foi realizada uma pesquisa qualitativa de natureza exploratória junto a três centrais de negócios, visando uma percepção prática do tema, a definição das etapas metodológicas, e a elucidação do problema, proposições, perguntas e variáveis da pesquisa. Na sequência foi realizado um estudo qualitativo com seis centrais de negócios formadas há pelo menos um ano e que possuíam maior conhecimento e experiência no seu processo de formação. Na quarta etapa metodológica foi feita uma pesquisa quantitativa com 21 centrais de negócios em diversos estados brasileiros para analisar proposições, investigar a correlação entre as variáveis e descrever ascaracterísticas das centrais de negócios no terrítório nacional. Finalmente, por meio de uma pesquisa qualitativa, buscou-se identificar nas experiências internacionais dinamarquesas, potenciais ações que pudessem ser adaptadas ao contexto nacional. Os resultados discutidos podem contribuir para uma melhor compreensão do processo de formação das centrais de negócios. Pôde-se concluir que para ser bem sucedida, ela precisa ter uma proposta abrangente, mas ao mesmo tempo focar em objetivos claros, tratar da qualificação e capacitação profissional dos seus membros e incluir e unir o econômico, o social e o cultural. No final do estudo apresentam-se recomendações voltadas à sustentabilidade das centrais de negócios de supermercadistas de pequeno e médio porte
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 17.05.2005
  • Acesso à fonte
    Como citar
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      GHISI, Flávia Angeli; MARTINELLI, Dante Pinheiro. Fatores críticos na sustentabilidade das centrais de negócios do setor supermercadista. 2005.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2005. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/12/12139/tde-19062005-143656/ >.
    • APA

      Ghisi, F. A., & Martinelli, D. P. (2005). Fatores críticos na sustentabilidade das centrais de negócios do setor supermercadista. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/12/12139/tde-19062005-143656/
    • NLM

      Ghisi FA, Martinelli DP. Fatores críticos na sustentabilidade das centrais de negócios do setor supermercadista [Internet]. 2005 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/12/12139/tde-19062005-143656/
    • Vancouver

      Ghisi FA, Martinelli DP. Fatores críticos na sustentabilidade das centrais de negócios do setor supermercadista [Internet]. 2005 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/12/12139/tde-19062005-143656/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Biblioteca Digital de Produção Intelectual da Universidade de São Paulo     2012 - 2021