Exportar registro bibliográfico

Estudos dos efeitos da lipoproteina de baixa densidade modificada na expressão de oxido nitrico sintaxeindutivel e ciclogeniase-2 em macrófagos (2004)

  • Autores:
  • Autor USP: RIOS, FRANCISCO JOSÉ OLIVEIRA - ICB
  • Unidade: ICB
  • Sigla do Departamento: BMI
  • Assuntos: INOS; ARTERIOSCLEROSE
  • Idioma: Português
  • Resumo: Os macrófagos desempenham uma função essencial no desenvolvimento da placa aterosclerática. Estas células acumulam grandes quantidades de oxLDL por diferentes receptores e diferenciam-se em células espumosas, agravando a lesão. Durante o processo oxidativo da LDL ocorre a formação de partículas e moléculas com características heterogêneas, cujos efeitos são pouco conhecidos em sistemas biológicos. A oxLDL possui diversas propriedades, tais como ativação celular, indução de apoptose ou estimulação da resposta imune. Estas características podem ser atribuídas aos diferentes compostos presentes na partícula. Neste estudo nós avaliamos os efeitos da oxLDL e de compostos purificados por crom atografia na produção de óxido nítrico (NO) e na expressão de sintase de óxido nítrico indutível (INOS) e ciclooxigenase-2 (COX-2) em macrófagos.A LDL foi obtida por ultracentrifugação seqüencial de plasma de doadores clinicamente saudáveis e uma parte foi oxidada com CUSO4 (20 UM, 18 h). Uma parte da oxLDL foi submetida a cromatografia em sistema de FPLC com coluna Superdex-200 e os picos foram analisados em comprimento de onda a 280 nm. Os macrófagos foram obtidos da cavidade peritoneal de camundongos da linhagem C57BI/6, cinco dias após a inoculação de tioglicolato. Os macrófagos foram tratados com LDL ou oxLDL ou com os picos separados por cromatografia 24 h antes da estimulação com LPS. Depois de 24 h, o sobrenadante foi coletado para a dosagem denitritos e as células foram lisadas para análise de INOS e COX-2 por imunoblot. A viabilidade celular foi avaliada pelo ensaio de redução do MTT. A oxLDL inibiu a produção de NO em aproximadamente 43% em relação aos controles estimulados apenas com LPS. Também houve inibições na expressão de INOS (52%) e COX-2 (55%). A separação cromatográfica da oxLDL mostrou três picos (Pi, P2 e P3) COM quantidades indetectáveis de colesterol, fosfolipídios, triacilgiiceroi e maiondialdeído. O PICO P2 foi capaz de inibir a produção de NO em aproximadamente 48% e a expressão de INOS e COX-2 em aproximadamente 50% e 21% respectivamente. Os picos P, e P3 não mostraram efeitos. Não foram observadas diferenças na viabilidade celular nos macrófagos tratados COM P2. Dessa forma demonstramos que produtos gerados durante o processo oxidativo da LDL e com característica protéica podem ter efeitos inibitórios na ativação de macrófagos.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 19.10.2004

  • Como citar
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      RIOS, Francisco José Oliveira; GIDLUND, Magnus Ake. Estudos dos efeitos da lipoproteina de baixa densidade modificada na expressão de oxido nitrico sintaxeindutivel e ciclogeniase-2 em macrófagos. 2004.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2004.
    • APA

      Rios, F. J. O., & Gidlund, M. A. (2004). Estudos dos efeitos da lipoproteina de baixa densidade modificada na expressão de oxido nitrico sintaxeindutivel e ciclogeniase-2 em macrófagos. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Rios FJO, Gidlund MA. Estudos dos efeitos da lipoproteina de baixa densidade modificada na expressão de oxido nitrico sintaxeindutivel e ciclogeniase-2 em macrófagos. 2004 ;
    • Vancouver

      Rios FJO, Gidlund MA. Estudos dos efeitos da lipoproteina de baixa densidade modificada na expressão de oxido nitrico sintaxeindutivel e ciclogeniase-2 em macrófagos. 2004 ;


Biblioteca Digital de Produção Intelectual da Universidade de São Paulo     2012 - 2021