Exportar registro bibliográfico

Influência da intensidade do exercício resistido sobre as respostas hemodinâmicas pós-exercício e seus mecanismos de regulação (2004)

  • Autores:
  • Autor USP: REZK, CLAUDIO CHAIM - EEFE
  • Unidade: EEFE
  • Assuntos: FISIOLOGIA DO EXERCÍCIO; CARDIOLOGIA
  • Idioma: Português
  • Resumo: A resposta pressórica após uma sessão de exercício resistido, bem como seus mecanismos foram pouco estudados. Este estudo teve por objetivo investigar essa questão, comparando diferentes protocolos de exercícios resistidos. Dezessete jovens normotensos se submeteram a três sessões experimentais: Controle (C - 40 min repouso); Resistência Muscular Localizada (RML - seis exercícios de musculação, três séries, 20 repetições, 40% da contração voluntária máxima - CVM); Força/Hipertrofia (F/H - seis exercícios, três séries, 10 repetições, 80% da CVM). Antes e por 120 min após cada sessão, a frequência cardíaca (FC), a pressão arterial (PA), o débito cardíaco (DC) e o estado de ansiedade foram medidos. O sistema autonömico foi avaliado pela análise espectral da variabilidade da FC e da PA. Independente da intensidade, houve redução da PA sistólica, porém, somente a sessão de RML diminuiu a PA diastólica pós-exercício. Essa redução se deu por diminuição no DC, que decorreu da queda do volume sistólico, visto que a FC aumentou pós-exercício devido ao aumento da atividade nervosa simpática cardíaca. A resistência vascular periférica aumentou após a sessão de F/H e não se alterou na sessão de RML. A atividade simpática vasomotora não se modificou e o estado de ansiedade apresentou elevação transiente. Concluindo: tanto o exercício resistido de RML quanto o de F/H provocam hipotensão pós-exercício, contudo somente o exercício de RML diminui a PA diastólica. (Continua)(Continuação) Essa hipotensão ocorre em função da diminuição do DC, que se acompanha de aumento da atividade simpática cardíaca, sem alteração da atividade nervosa simpática periférica
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 04.03.2004

  • Como citar
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      REZK, Cláudio Chaim; TINUCCI, Taís. Influência da intensidade do exercício resistido sobre as respostas hemodinâmicas pós-exercício e seus mecanismos de regulação. 2004.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2004.
    • APA

      Rezk, C. C., & Tinucci, T. (2004). Influência da intensidade do exercício resistido sobre as respostas hemodinâmicas pós-exercício e seus mecanismos de regulação. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Rezk CC, Tinucci T. Influência da intensidade do exercício resistido sobre as respostas hemodinâmicas pós-exercício e seus mecanismos de regulação. 2004 ;
    • Vancouver

      Rezk CC, Tinucci T. Influência da intensidade do exercício resistido sobre as respostas hemodinâmicas pós-exercício e seus mecanismos de regulação. 2004 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Biblioteca Digital de Produção Intelectual da Universidade de São Paulo     2012 - 2021