Exportar registro bibliográfico

Antígeno B13 Trypanosoma cruzi: estudo de imunológico e estrutural de reconhecimento por anticorpos de pacientes chagásicos e polimorfismo do gene correspondente (2000)

  • Autores:
  • Autor USP: DURANTI, MÁRCIA APARECIDA - IQ
  • Unidade: IQ
  • Sigla do Departamento: QBQ
  • Assuntos: DOENÇA DE CHAGAS (IMUNOLOGIA); IMUNOLOGIA; TRYPANOSOMA CRUZI (ESTUDO;IMUNOLOGIA)
  • Idioma: Português
  • Resumo: A proteína recombinante B13 contém repetições seriadas de 12 aminoácidos e corresponde a uma região do antígeno imunodominante de 140-116 KDa encontrado na superfície de forma tripomastigota de T. cruzi (cepa Y). A proteína B13 apresenta elevada sensibilidade e especificidade no diagnóstico sorológico da Doença de Chagas. A análise da distribuição de subclasses de IgC, anti-B13 em soros de pacientes chagásicos cardiopatas (SCC) e de assintomáticos (SCI) mostrou o mesmo padrão: IgG11gG3>IgG2>IgG4. No entanto, a média de reatividade a B13 foi maior no grupo SCC do que no grupo SCI. Dados anteriores de nosso grupo indicam que a resposta de célula T a B13 e restrita ao grupo HLA de classe II (HLA-DQA1*0501, DRBl*0101 and DBR5*0101 - denominado grupo HLA+). Por outro lado, dados de literatura sugerem que antígenos repetitivos de protozoários são antígenos T-independentes. Analisamos por ELISA a reatividade a B13 em soros de pacientes HLA+ e HLA- (portadores de outros alelos). Os resultados obtidos indicam que a média de reatividade a B13 é semelhante nos dois grupos de soros, sugerindo que no grupo HLA- a resposta de anticorpos anti-B13 pode ser T-independente. Utilizando peptídeos sintéticos derivados da seqüência de B13 concluímos que o epítopo imunodominante está contido na sequência FGQAAAGDK. Visando mapear o epítopo responsável pela resposta anti-B13 e analisar uma possível correlação entre estrutura e atividade antigênica, três peptídeossintéticos contendo o centro do epítopo AAAGK (pBl3 - GDKPSLFGQAAAGDKPSPLF, S4 -FGQAAAGDK S5 -QAAAGDKPS) foram analisados quanto à sua capacidade de inibir a rectividade de soros de chagásicos à proteína recombinante B13. Os resultados mostram haver uma hierarquia na atividade entigênica inibitória dos peptídeos (pBl3>S4>S5), que poderia estar relacionada com a capacidade distinta dos peptídeos em assumir uma estrutura secundária ordenada. ) As propriedades estruturais dos peptídeos foram analisadas por DC e RNM e indicam que os peptídeos apresentam uma hierarquia pB13>S4>S5 quanto à capacidade de adquirir uma conformação em hélice. Dados anteriores indicam que soros de pacientes chagásicos da America Central e do Sul apresentam diferenças na mediana de reatividade à proteína B13 em testes de ELISA: por ex. Argentina MD=1.79; Brasil MD=1:51-, Honduras MD=0.91. Investigamos alguns parâmetros sorológicos que pudessem explicar as diferenças observadas. Soros de 224 indivíduos chagásicos da Argentina, Brasil, Bolívia, Colombia, El Salvador, Honduras e Venezuela foram analisados com relação à subclasse de IgG responsável pelo reconhecimento de B13. Os dados mostram igual distribuição das subclasses com a seguinte ordem decrescente de reatividade: IgG1IgG3>IgG2>IgG4. Também concluímos que os soros em questão reconhecem o mesmo epítopo imunodominante de proteína B13
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 15.12.2000
  • Acesso à fonte
    Como citar
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      DURANTI, Marcia Aparecida; ZINGALES, Bianca. Antígeno B13 Trypanosoma cruzi: estudo de imunológico e estrutural de reconhecimento por anticorpos de pacientes chagásicos e polimorfismo do gene correspondente. 2000.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2000. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/46/46131/tde-31052019-102402/pt-br.php >.
    • APA

      Duranti, M. A., & Zingales, B. (2000). Antígeno B13 Trypanosoma cruzi: estudo de imunológico e estrutural de reconhecimento por anticorpos de pacientes chagásicos e polimorfismo do gene correspondente. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/46/46131/tde-31052019-102402/pt-br.php
    • NLM

      Duranti MA, Zingales B. Antígeno B13 Trypanosoma cruzi: estudo de imunológico e estrutural de reconhecimento por anticorpos de pacientes chagásicos e polimorfismo do gene correspondente [Internet]. 2000 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/46/46131/tde-31052019-102402/pt-br.php
    • Vancouver

      Duranti MA, Zingales B. Antígeno B13 Trypanosoma cruzi: estudo de imunológico e estrutural de reconhecimento por anticorpos de pacientes chagásicos e polimorfismo do gene correspondente [Internet]. 2000 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/46/46131/tde-31052019-102402/pt-br.php


Biblioteca Digital de Produção Intelectual da Universidade de São Paulo     2012 - 2021