Exportar registro bibliográfico

Estudo comparativo de extremos metabólicos e térmicos em marsupiais (Caluromys philander, Metachirus nudicaudatus e Philander opossum) (2001)

  • Autores:
  • Autor USP: RIBEIRO, MARCEL CINTRA PEREIRA - IB
  • Unidade: IB
  • Sigla do Departamento: BIF
  • Assuntos: MARSUPIALIA; METABOLISMO ANIMAL
  • Idioma: Português
  • Resumo: Este estudo objetivou investigar os padrões metabólicos e termorregulatórios de três espécies de marsupiais representativas de nichos ecológicos distintos (Caluromys philander-espécie arbórea e frugívora/insetívora, Philander opossum-espécie terrestre/arbórea e onívora e Metachirus nudicaudatus-espécie terrestre e onívora). Para tanto, as taxas metabólicas das espécies foram determinadas em baixas e altas temperaturas ambientais. Medidas de temperatura foram efetuadas à '28 GRAUS' Celsius, '18 GRAUS' Celsius e '12 GRAUS' Celsius. A taxa metabólica também foi determinada à '12 GRAUS' Celsius, após 48 horas de exposição a esta temperatura, e durante atividade física. De posse destes dados, nós calculamos a condutância térmica dos animais para estas condições experimentais. Os resultados mostraram que as três espécies têm taxas metabólicas similares quando exposta a altas e baixas temperaturas ambientais. Em adição, os dados mostram que a espécie arbórea, Caluromys philander, exibe temperaturas corpóreas mais baixas em menores temperaturas ambientais, enquanto que a espécie terrestre arbórea, Philander opossum, e a espécie terrestre, Metachirus nudicaudatus, mantêm a temperatura corpórea constante nestas condições eperimentais. Os resultados também mostraram que Metachirus nudicaudatus não sobrevive depois de prolongada exposição à baixa temperatura ambiental (48 horas à '12 GRAUS' Celsius). No entanto, sob estas condições experimentais, Philanderopossum e Caluromys philander são capazes de sobreviver, exibindo temperatura corpórea mais baixa. Nossos dados também sugerem que as espécies estudadas reduzem a condutância térmica em baixas temperaturas ambientais. Em adição os resultados também indicam que a espécie terrestre/arbórea, Philander opossum e a espécie terrestre, Metachirus nudicaudatus, exibem consumos máximos de oxigênio obtidos durante atividade física, mais elevados que o apresentado pela ) espécie arbórea, Caluromys philander. Este estudo revela, portento, uma fraca correlação entre fatores ecológicos comportamentais e taxa metabólica nos marsupiais relatados, que, apesar de pertencerem a mesma família, são representantes de diferentes habitats e diferentes hábitos alimentares. Em adição, os dados também mostraram que as espécies estudadas exibem diferentes estratégias termorregulatórias quando expostas a baixas temperaturas ambientais
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 20.12.2001

  • Como citar
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      RIBEIRO, Marcel Cintra Pereira; BICUDO, José Eduardo Pereira Wilken. Estudo comparativo de extremos metabólicos e térmicos em marsupiais (Caluromys philander, Metachirus nudicaudatus e Philander opossum). 2001.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2001.
    • APA

      Ribeiro, M. C. P., & Bicudo, J. E. P. W. (2001). Estudo comparativo de extremos metabólicos e térmicos em marsupiais (Caluromys philander, Metachirus nudicaudatus e Philander opossum). Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Ribeiro MCP, Bicudo JEPW. Estudo comparativo de extremos metabólicos e térmicos em marsupiais (Caluromys philander, Metachirus nudicaudatus e Philander opossum). 2001 ;
    • Vancouver

      Ribeiro MCP, Bicudo JEPW. Estudo comparativo de extremos metabólicos e térmicos em marsupiais (Caluromys philander, Metachirus nudicaudatus e Philander opossum). 2001 ;


Biblioteca Digital de Produção Intelectual da Universidade de São Paulo     2012 - 2021