Exportar registro bibliográfico

A nação partida ao meio: tendências políticas na Bahia na crise do Império Luso-brasileiro (2001)

  • Autores:
  • Autor USP: WISIAK, THOMAS - FFLCH
  • Unidade: FFLCH
  • Sigla do Departamento: FLH
  • Assuntos: HISTÓRIA DO BRASIL; PROVÍNCIA; PRIMEIRO REINADO (1822-1831); SOBERANIA POLÍTICA
  • Idioma: Português
  • Resumo: Esta dissertação trata do horizonte político da sociedade na província da Bahia, entre sua adesão à Revolução liberal portuguesa, em 1821, e sua acomodação num Estado independente de Portugal, em 1823. A análise, voltada para o vocabulário político, tem como eixo a coexistência de expressões de identidade coletiva e a mudança de seus significados, revelando a politização da identidade brasileira, que do genérico ser português na América, passou a representar a possibilidade de concretização de um novo pacto político-social
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 18.05.2001

  • Como citar
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      WISIAK, Thomas; JANCSÓ, István. A nação partida ao meio: tendências políticas na Bahia na crise do Império Luso-brasileiro. 2001.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2001.
    • APA

      Wisiak, T., & Jancsó, I. (2001). A nação partida ao meio: tendências políticas na Bahia na crise do Império Luso-brasileiro. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Wisiak T, Jancsó I. A nação partida ao meio: tendências políticas na Bahia na crise do Império Luso-brasileiro. 2001 ;
    • Vancouver

      Wisiak T, Jancsó I. A nação partida ao meio: tendências políticas na Bahia na crise do Império Luso-brasileiro. 2001 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Biblioteca Digital de Produção Intelectual da Universidade de São Paulo     2012 - 2021