Exportar registro bibliográfico

Uma contribuição à prevenção de fraudes contra as empresas (2000)

  • Autores:
  • Autor USP: GOMES, MARCELO ALCIDES CARVALHO - FEA
  • Unidade: FEA
  • Sigla do Departamento: EAC
  • Assuntos: AUDITORIA; PERÍCIA CONTÁBIL
  • Idioma: Português
  • Resumo: O Brasil tem sido testemunha, nos últimos 10 anos, de inúmeros casos de corrupção envolvendo grandes empresas e personalidades do meio político em conluio com empresários. As empresas que aqui adquiriram negócios por meio da privatização de empresas públicas depararam-se com um quadro preocupante de casos de desvios de recursos e informações confidenciais, praticados pelos seus colaboradores. E não muito diferentes têm sido os casos envolvendo empresas brasileiras ou multinacionais. O que precisamos saber é se as fraudes que ocorrem contra as empresas são algum tipo de fenômeno situacional, ou algum aspecto inerente à cultura brasileira. Mais do que isso, se assim não for, como podem as empresas prevenirem-se da ação desses criminosos e quem seria o profissional mais indicado para coletar as provas, identificar os responsáveis e auxiliar os orgâos de repressão. Fundamentado nesta preocupação, exploramos no capítulo II o conceito de fraude e o perfil do fraudador. Buscamos definições de profissionais do Direito, da Ciência Contábil da Sociologia e da Psicologia para entender como pensa e por que age o fraudador dentro das empresas. Ainda no mesmo capítulo, comparamos o fraude no Brasil em relação a outros estudos produzidos no mundo, sempre com o objetivo de buscar um perfil desse fraudador. No capitulo III, comparamos os diversos trabalhos inerentes à profissão contábil e procuramos defender a criação de uma nova função para o Contador, assim comodamos início aos trabalhos de análise do ambiente da fraude. No capítulo IV, procuramos identificar as fases de uma investigação , enfatizando a importância do planejamento e o cumprimento de cada uma das etapas propostas para trabalhos desta natureza. Abordamos, também, a questão da manutenção e avaliação dos procedimentos de controle interno, da análise das transações econômicas - financeiras e dos documentos que dão suporte a elas. Na sequência, mostramos a ) a importância de elaborar hipóteses sobre como teriam ocorrido os fatos e como todas essas fases auxiliam na condução das entrevistas, que podem ser conduzidas com testemunhas e suspeitos relacionados aos fatos sob investigação. Chegamos ao fim deste capítulo mostrando as diversas formas pelas quais o profissional responsável pela investigação da fraude relatará os trabalhos desenvolvidos e os resultados alcançados. No último capítulo, propomos alternativas de prevenção a fraudes conhecidas, bem como outras que deveriam ser exploradas. Abordamos os aspectos de ética nos negócios e de importância da área de recursos humanos em auxiliar a empresa no combate e na identificação da fraude. Finalmente, nas conclusões, procuramos demonstrar que o objetivo proposto foi atendido e indicamos novos projetos que dariam sequência ao trabalho elaborado. Mais importante ainda, chamamos os novos pesquisadores da Ciência Contábil a continuar na busca de alternativas de minimizar as perdas das empresase de se manter na vanguarda das discussões sobre o tema
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 24.04.2000

  • Como citar
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      GOMES, Marcelo Alcides Carvalho; GIL, Antonio de Loureiro. Uma contribuição à prevenção de fraudes contra as empresas. 2000.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2000.
    • APA

      Gomes, M. A. C., & Gil, A. de L. (2000). Uma contribuição à prevenção de fraudes contra as empresas. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Gomes MAC, Gil A de L. Uma contribuição à prevenção de fraudes contra as empresas. 2000 ;
    • Vancouver

      Gomes MAC, Gil A de L. Uma contribuição à prevenção de fraudes contra as empresas. 2000 ;


Biblioteca Digital de Produção Intelectual da Universidade de São Paulo     2012 - 2021