Exportar registro bibliográfico

Avaliação radiográfica comparativa da altura da crista óssea alveolar entre pacientes tratados ortodonticamente por três diferentes técnicas e pacientes com más oclusões não tratadas (2000)

  • Autores:
  • Autor USP: BOMBONATTI, ROBERTO - FOB
  • Unidade: FOB
  • Sigla do Departamento: BAO
  • Assuntos: OCLUSÃO DENTÁRIA; TRATAMENTO ORTODÔNTICO; MALOCLUSÃO
  • Idioma: Português
  • Resumo: Avaliaram-se as alturas das cristas ósseas alveolares de pacientes tratados ortodonticamente pela técnica edgewise simplificada (grupo I, n=30), pela técnica com aparelhos pré-ajustados (grupo II, n=30) e pela Terapia Bioeficiente (grupo III,n=26), comparando-as com as de indivíduos com más oclusões não tratadas (grupo IV, n=30). Adicionalmente, foram estimadas as diferenças da altura óssea alveolar entre os sexos. As idades médias dos grupos foram 17,53, 17,60, 17,17 e 16,73 anos,respectivamente. Em todos os pacientes tratados foram realizadas extrações dos quatro primeiros pré-molares, sendo que as mensurações foram realizadas em radiografias interproximais tomadas após 2,17 anos, em média, do final do tratamento. Asleituras das distâncias da crista óssea alveolar (CA) à junção cemento-esmalte (JCE), correspondentes às faces mesial e distal dos primeiros molares e segundos pré-molares e da face distal dos caninos, foram realizadas utilizando o programa demedição linear SigmaScan Pro 5.0 após a digitalização das radiografias. Os dados obtidos foram submetidos à análise de variância (ANOVA) a um critério modelo fixo, e aplicou-se o teste de Newman-Keuls (p<0,05) para comparação entre os grupos. Asdiferenças da altura óssea entre os sexos foi estimada pelo teste t de Student (p<0,05). Os pacientes tratados (grupos I, II e III) exibiram distâncias médias JCE-CA maiores que os pacientes sem tratamento (grupo IV) em quase todas asfacesmensuradas, apresentando diferenças estatisticamente significantes principalmente nas superfícies adjacentes aos espaços das extrações dentárias. Considerando cada face proximal separadamente, não houve um padrão dos efeitos sobre a altura dacrista óssea alveolar entre as três técnicas avaliadas. As distâncias médias JCE-CA dos pacientes do sexo masculino foram maiores ou iguais que as do sexo feminino. Os pacientes dos grupos tratados ortodonticamente evidenciaram um número ) maior de faces proximais com diferenças estatisticamente significantes entre os sexos que os pacientes com más oclusões não tratadas
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 11.04.2000

  • Como citar
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BOMBONATTI, Roberto; JANSON, Guilherme dos Reis Pereira. Avaliação radiográfica comparativa da altura da crista óssea alveolar entre pacientes tratados ortodonticamente por três diferentes técnicas e pacientes com más oclusões não tratadas. 2000.Universidade de São Paulo, Bauru, 2000.
    • APA

      Bombonatti, R., & Janson, G. dos R. P. (2000). Avaliação radiográfica comparativa da altura da crista óssea alveolar entre pacientes tratados ortodonticamente por três diferentes técnicas e pacientes com más oclusões não tratadas. Universidade de São Paulo, Bauru.
    • NLM

      Bombonatti R, Janson G dos RP. Avaliação radiográfica comparativa da altura da crista óssea alveolar entre pacientes tratados ortodonticamente por três diferentes técnicas e pacientes com más oclusões não tratadas. 2000 ;
    • Vancouver

      Bombonatti R, Janson G dos RP. Avaliação radiográfica comparativa da altura da crista óssea alveolar entre pacientes tratados ortodonticamente por três diferentes técnicas e pacientes com más oclusões não tratadas. 2000 ;


Biblioteca Digital de Produção Intelectual da Universidade de São Paulo     2012 - 2021