Exportar registro bibliográfico

Estudos estruturais cristalográficos do inibidor de 'ALFA'-amilase 0,19 de Triticum aestivum (Trigo-Cultivar IAPAR Igapó-28) (1998)

  • Autores:
  • Autores USP: IULEK, JORGE - IQSC
  • Unidades: IQSC
  • Assuntos: FÍSICO-QUÍMICA
  • Idioma: Português
  • Resumo: Apresentam-se os procedimentos realizados e resultados obtidos durante a resolução da estrutura tridimensional do inibidor de 'alfa'-amilase do trigo 0,19 cultivar IAPAR Igapó-28. A proteína foi extraída do germe de trigo, purificada e ensaiada para cristalização. Condições adequadas para cristalizá-la foram determinadas como tampão Tris-HC1, 0,1 M, pH 7,3-7,5, na presença de Mg'Cl IND.2' 0,1-0,2 M e PEG 8000 ou 20000 a 14-20 % (m/V). Dados de difração de raios-X foram coletados até 2,1 A de resolução numa fonte de laboratório e até 1,7 A utilizando-se radiação síncroton. Estudos de conteúdo de solvente apontaram, inicialmente, a presença de 4 monômeros por unidade assimétrica, o que foi confirmado ao se determinar completamente a estrutura. Vários compostos de átomos pesados foram ensaiados, mas apenas Hg'('C IND.2''H IND.3''O IND.2')IND.2' e 'K IND.2'[Pt'(N'O IND.2')IND.4'] produziram derivados. Todavia, estes não foram suficientes para produzir mapas de densidade eletrônica interpretáveis. Tentou-se substituição molecular com o único modelo inicialmente disponível, a estrutura tridimensional do inibidor bifuncional do milheto indiano, resolvida por ressonância magnética nuclear, mas não se obteve sucesso. Entretanto, com a publicação recente da estrutura do inibidor de 'alfa'-amilase do trigo de um cultivar japonês, pôde-se realizar a substituição molecular com sucesso. O modelo final refinado consta de 373 aminoácidos e 214 moléculas de água. Basicamente, cadamonômero é formado por cinco hélices 'alfa', arranjadas numa topologia "sobe a desce", e duas pequenas fitas 'beta' antiparalelas. Visualmente, observou-se que a estrutura é similar àquela do cultivar japonês. Pôde-se, todavia, estabelecer que a Prolina 15 se apresenta na conformação cis, o que não foi relatado no artigo da estrutura daquele cultivar. Os sítios de platina de um dos derivados obtidos foram caracterizados e mostraram que esta interage ) com o Trp51. Hipóteses foram levantadas acerca da região de interação do inibidor com 'alfa'-amilases. Finalmente, comenta-se sobre as perspectivas futuras e a continuidade do projeto, visando esclarecer o mecanismo e as especificidades dos inibidores e 'alfa'-amilase
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 19.02.1998

  • Como citar
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      IULEK, Jorge; OLIVA, Glaucius. Estudos estruturais cristalográficos do inibidor de 'ALFA'-amilase 0,19 de Triticum aestivum (Trigo-Cultivar IAPAR Igapó-28). 1998.Universidade de São Paulo, São Carlos, 1998.
    • APA

      Iulek, J., & Oliva, G. (1998). Estudos estruturais cristalográficos do inibidor de 'ALFA'-amilase 0,19 de Triticum aestivum (Trigo-Cultivar IAPAR Igapó-28). Universidade de São Paulo, São Carlos.
    • NLM

      Iulek J, Oliva G. Estudos estruturais cristalográficos do inibidor de 'ALFA'-amilase 0,19 de Triticum aestivum (Trigo-Cultivar IAPAR Igapó-28). 1998 ;
    • Vancouver

      Iulek J, Oliva G. Estudos estruturais cristalográficos do inibidor de 'ALFA'-amilase 0,19 de Triticum aestivum (Trigo-Cultivar IAPAR Igapó-28). 1998 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Biblioteca Digital de Produção Intelectual da Universidade de São Paulo     2012 - 2020